18% das perdas da Eletrobras são por desvio e fraude no Piauí imprimir publicado em: 18 / 07 / 2016

energiaA assistente da diretoria comercial da Eletrobras, Rafaela Moreira, disse nesta segunda-feira (18), que a Eletrobras atinge um índice de perda de 31%. Dos quais, 13% são inerente às perdas técnicas. Já 18% são perdas por desvio e fraudes na medição.

“Como é muito preocupante esses números, nós lançamos um plano de recuperação de receita e estamos com uma equipe reforçada em campo atuando nessas inspeções”.

Somente em junho, foi verificado o valor de R$ 12 mil em perdas durante as inspeções. Rafaela explicou que esse total é referente ao número de taxa de acerto sobre a energia que era desviada.

“Quase metade dos locais em que visitamos nós detectamos a fraude e nós estamos lavrando os termos de ocorrência e recuperando a energia dentro do permitido”.

Sobre a entrada dos profissionais da Eletrobras nas residências e estabelecimentos comerciais, Rafaela Moreira explicou que “todo regimento comercial segue a resolução 414 da Anel que, no artigo 77, ela fala do livre acesso, que é dever do consumidor dar livre acesso aos nossos técnicos ao local em que a medição esteja instalada”.

Nos locais onde se caracteriza o furto, a Eletrobras denuncia à polícia. “Nós temos um convenio com a Greco que, nesses casos, a Greco está indo ao local  com a gente para lavrar o flagrante do delito”, acrescentou.

Condomínio de Luxo

Uma operação do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) e da Eletrobras Piauí, na semana passada, encontrou cinco ligações de energia irregulares em um condomínio de luxo na zona Leste de Teresina. O local não foi divulgado. A distribuidora estima que as irregularidades ocorriam há cinco anos.

Cidadeverde.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas