Acusado de assassinar filho de policial civil é preso em Timon imprimir publicado em: 09 / 01 / 2016

Delegado Luccy Keiko

Delegado Luccy Keiko

Policiais Civis e Militares prenderam no fim da noite desta sexta-feira (8) um dos acusados de matar Robert Richelli Trigueiro Pimentel, filho de um escrivão da Polícia Civil, morto na manhã de ontem durante um assalto no bairro Vermelha, zona sul de Teresina. O homem foi identificado como Cleiton Nascimento, conhecido como “Pokemon”.

De acordo com o delegado Luccy Keiko, que comandou as investigações, Cleiton foi preso em Timon, no Maranhão, após a polícia receber informações de que o mesmo estava na cidade. O acusado foi encaminhado para a Central de Flagrantes de Teresina. “Nós investigamos e chegamos até ele através de informantes”, relatou.

Segundo o delegado, o outro suspeito de praticar o crime, um menor que reside em Timon, já foi identificado e a polícia continua em diligência no sentido de capturá-lo. “Ainda estamos em diligências, em busca de capturar o outro suspeito, que já foi identificado”, declarou.

Relembre o caso

O jovem Robert Richelli Trigueiro Pimentel, de 23 anos, filho de um escrivão da Polícia Civil, foi morto com um tiro durante assalto na manhã desta sexta-feira (08), na rua 13 de Maio, bairro Vermelha, zona sul de Teresina. A vítima chegou a ser socorrida com vida, mas não resistiu e morreu a caminho do Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

Câmeras de segurança de uma residência gravaram o crime. As imagens mostram o momento em que dois bandidos abordam Robert em sua motocicleta e dão socos no jovem. Quando o rapaz desceu do veículo, foi atingido com um tiro de arma de fogo.

O corpo de Robert está sendo velado na casa da avó onde aconteceu o homicídio. Ele deverá ser enterrado por volta das 16h deste sábado (09), no cemitério Dom Bosco, no bairro Vermelha, porque a família da vítima está à espera de parentes que moram em outros estados.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas