Acusado de participar da morte de professora é morto em Teresina imprimir publicado em: 04 / 02 / 2017

Um homem identificado por Francisco das Chagas Alves da Silva Júnior, conhecido por Júnior Bombado, de 27 anos, foi assassinado na noite dessa sexta-feira (3), na rua Alto Longa, bairro Alto Alegre, zona norte de Teresina. A vítima usava tornozeleira eletrônica e era suspeito de ter dado fuga ao assassino da professora de espanhol, Ana Valéria Rocha Silva Pereira, em 2015.

professora

O comandante do 9º Batalhão da Polícia Militar (BPM), major Gilson Leite, informou que Francisco das Chagas foi morto com cinco disparos na região das costas e na cabeça. Os acusados do crime são quatro pessoas que estavam em um carro, de cor branca.

Relembre o caso

A professora Ana Valéria Rocha Silva Pereira, de 32 anos, foi assassinada no dia 17 de dezembro de 2015. Ela estava em uma farmácia, acompanhada da filha, quando um homem entrou, anunciou um assalto, fez disparos dentro do estabelecimento comercial e atingiu a jovem senhora.

Após o crime, Francisco das Chagas e mais duas pessoas foram presas acusadas de terem participado do latrocínio contra a professora. Segundo investigações da Polícia Civil, ele seria o responsável por ter indicado a farmácia que seria assaltada e provavelmente teria fornecido a arma que foi utilizada no crime.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas