AdBlock Plus critica medida do Facebook que impede bloqueio de anúncios no site imprimir publicado em: 10 / 08 / 2016

facebookNa última terça-feira, 9, o Facebook anunciou que seu site para desktop exibiria propagandas mesmo para quem usa programas bloqueadores de anúncios. Diante da notícia, o AdBlock Plus, um dos principais aplicativos do segmento, criticou a decisão da rede social e a acusou de ser “anti-usuário”.

Em uma postagem em seu site oficial, a Eyeyo, responsável pelo aplicativo, classificou a medida como “infeliz”. “Em seu post, o Facebook diz: ‘Quando perguntamos às pessoas sobre por que elas usam softwares bloqueadores de anúncios, o principal motivo que ouvimos é para parar anúncios irritantes e perturbadores’. Se isso é verdade, aparentemente o Facebook concorda que os usuários têm uma boa razão para o uso que softwares de bloqueio de propagandas…mas a esses usuários não deve ser dado o poder de decidir o que querem bloquear?”, questiona Ben Williams, gestor de comunicações e operações da Eyeo.

“Em qualquer caso, é difícil de imaginar que o Facebook ou as marcas que são anunciadas em seu site tenham algum tipo de valor através dos anúncios: as publicações (como o Facebook) alienam a audiência e os anunciantes (as marcas) permitem que a sua marca seja empurrada goela abaixo das pessoas”, afirma Williams.

O Facebook está preocupado com os programas que bloqueiam anúncios. Em janeiro, um relatório anual da empresa afirmou que esse tipo de programa tem impactado as receitas de anúncios “de vez em quando”.

Olhar Digital


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas