Advogado suspeito de fraude em concurso aceita delação premiada imprimir publicado em: 29 / 11 / 2016

operaçãoO advogado Evilásio Rodrigues, apontado pela Polícia Civil, como um dos líderes da quadrilha que fraudava concursos no Piauí e que foi desbaratada pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) na Operação Vigiles, aceitou acordo de delação premiada.

Ele prestou depoimento nesta segunda-feira (28) ao promotor Rômulo Cordão, coordenador do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco). A delação teve autorização do juiz da Central de Inquéritos, Luiz Moura.

Segundo informações, o depoimento durou pouco mais de duas horas e nele, o advogado contou detalhes de como atuou a quadrilha no concurso do Corpo de Bombeiros realizado em 2014.

Evilásio foi preso três vezes, somente este ano, suspeito de participação nas fraudes dos concursos do Tribunal de Justiça, Corpo de Bombeiros e Agente Penitenciário.

Na polícia, o inquérito da operação Vigiles já foi encerrado e é considerado um dos maiores já feito pelo Greco. Foram 15 mandados de prisões preventivas, sendo que dez foram cumpridos e cinco ainda estão foragidos.

Cidadeverde.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Vale

últimas