Advogados são presos suspeitos de grilagem de terras no interior do Piauí imprimir publicado em: 03 / 03 / 2017

gaecoUm juiz aposentado e três advogados foram presos nesta sexta-feira (03), durante a operação Sesmaria deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) em parceria com a Polícia Civil do Piauí.

A referida operação é fruto de investigação conjunta entre as duas instituições, no sentido de desbaratar organização criminosa atuante no sul piauiense, responsável pela grilagem de milhares de hectares de terras.

Os presos foram identificados como Manoel de Sousa Cerqueira Júnior, Linconl Hermes Saraiva Guerra, José Robert Leal e Cícero Rodrigues, que na época do suposto crime era juiz, mas atualmente atua como advogado.

Os alvos da operação são acusados de praticar crimes de falsidade ideológica, corrupção ativa e passiva, peculato e formação de quadrilha. Também participa dos trabalhos a Polícia Militar do Piauí, dando apoio no cumprimento de diversos mandados judiciais.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas