Agência vai modernizar sistema de vigilância da Polícia Militar imprimir publicado em: 06 / 09 / 2016

cameraA área da segurança pública estadual vai ganhar um reforço da Agência de Tecnologia da Informação do Piauí (ATI-PI). Em reunião com o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Carlos Augusto de Souza, o diretor-geral da ATI, Avelyno Medeiros, e o diretor técnico David Amaral receberam diversas demandas, entre elas, a migração das câmeras de vigilância que a PM utiliza para a rede de fibra ótica da capital, que permitirá um melhor desempenho desses equipamentos.

“Atualmente, os policiais contam com 31 câmeras na capital que funcionam com internet via rádio, por vezes esse sistema sofre com algumas interferências, então, a solicitação que recebemos do coronel Carlos Augusto foi de migrar o sistema de câmeras para a rede de fibra ótica, melhorando e dando continuidade ao serviço”, conta Avelyno Medeiros. Para que a migração ocorra, a Polícia Militar deve encaminhar à ATI nos próximos dias uma lista com o endereço físico informando a exata localização dessas máquinas.

“Tivemos uma reunião realmente proveitosa com a PM, que nos solicitou, entre outras coisas, a criação de um sistema no qual os policiais possam gerar um boletim de acidente sem vítimas, que será feito por nossa equipe técnica na ATI. Com as informações que constarão nesse formulário interno, será possível evitar o deslocamento desnecessário de policiais aos locais de acidente”, conta David Amaral.

reuniao

A Agência de Tecnologia também atenderá a PM interligando o equipamento de rádio policial do interior do estado com o da capital, instalará pontos de internet nos principais Batalhões de Polícia como os da cidade de Parnaíba, Luís Correia, Floriano, Picos, Água Branca, Campo Maior, Valença e José de Freitas e realizará uma revitalização do cabeamento de rede do Comando Geral da capital.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas