Alargamento da BR-135 chega a 70km; acidentes diminuíram imprimir publicado em: 24 / 08 / 2018

br135A obra de alargamento da BR-135, no Sul do Piauí, já chega a 70km entre as cidades de Elizeu Martins e Bom Jesus. A informação é do superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) no Piauí, Ribamar Bastos. Ele vistoriou a rodovia e elogiou o cronograma de execução.

“Nós chegamos da 135 ontem à noite. Percorremos todo o trecho vistoriando e nos causou uma surpresa muito agradável o ritmo da obra imposto lá. Nós já temos aí 70km de alargamentos de Elizeu Martins no sentido de Bom Jesus, temos quase a metade pra chegar em Bom Jesus”, disse.

Segundo o DNIT, o trecho que está sendo alargado é o mais perigoso. A rodovia, que antes tinha 6 metros de largura, passa agora a ter 14 metros.

“Está toda sinalizada e saindo de 6 metros para 14 metros, exatamente no ponto crítico onde acontecia os acidentes”, afirmou.

Ribamar Bastos garante que os acidentes diminuíram e arrisca uma nova denominação para a 135: a rodovia da soja.

“Os acidentes diminuíram substancialmente. Ninguém houve falar em morte na 135 por conta da rodovia. Existe acidente por conta da imprudência e imperícia. A gente pede até que não se dirijam mais as ela como a rodovia da morte e sim da soja, porque ali é uma fronteira agrícola. As pessoas do sul querem vir investir e se assustam quando entram na internet e se deparam com estrada da morte”, declarou.

A BR-135 registrou quase 50 mortes em 2017 por conta da pista estreita e do alto desnível. As obras de alargamento estão orçadas em R$ 80 milhões.

Cidadeverde.com

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas