Alepi discute situação da Nucepe após fraudes em concursos imprimir publicado em: 28 / 05 / 2017

Os serviços prestados à população pelo Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (Nucepe) da Universidade Estadual do Piauí (Uespi) serão tema de audiência pública. O pedido foi feito pelo líder do governo na Assembleia Legislativa do Piauí, deputado João de Deus (PT), durante sessão na Casa.

Deputado João de Deus

Deputado João de Deus

Segundo o deputado, é necessário que aconteça a audiência, em consequências das fraudes que levaram o Governo do Estado a anular o concurso público realizado no último domingo (21) para seleção de soldados para a Polícia Militar do Piauí. Ele afirmou que a audiência contará com a presença do reitor da Uespi, Nouga Cardoso.

A Secretaria de Segurança e a Nucepe confirmaram na manhã seguinte a realização das provas, a anulação da primeira etapa do concurso para a Polícia Militar. O concurso teve 32 mil inscritos, concorrendo a 480 vagas ofertadas, e mesmo com forte esquema de segurança, foi constatado o vazamento da prova de português.

Segundo o delegado geral Riedel Batista, o trabalho da Polícia Civil encontrou fortes indícios de tentativa de fraude. “Houve indícios de vazamento da prova, devido a isso a situação foi repassada para a Nucepe. Mostramos indícios de parte da prova, pelas investigações e depoimentos que colhemos ontem, a Nucepe decidiu anular a 1ª etapa da prova. Nós não podemos repassar mais informações, pois ainda estamos em investigação”, declara Riedel Batista.

O coronel Carlos Augusto afirmou que a empresa responsável pela impressão das provas do concurso da Polícia Militar do Piauí também será investigada. O Delegado Geral, Riedel Batista, afirmou ainda que as investigações continuam e não descartou novas prisões. Disse ainda que a Polícia Civil, através do Núcleo de Inteligência da SSP-PI e do Greco tem trabalhado para identificar indícios de fraudes em outros concursos.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas