Aos 20 anos, Marília Mendonça é a cantora mais ouvida no Brasil imprimir publicado em: 19 / 07 / 2016

Marilia MendonçaDona de uma voz para lá de potente, Marília Mendonça vem se consagrando como um dos grandes nomes da música sertaneja. Aos 20 anos, a goiana lidera o ranking do Youtube na lista de artistas mais ouvidos no Brasil, com 76 milhões de visualizações. Além dela, a seleção conta com nomes como as irmãs gêmeas Maiara e Maraísa e Henrique e Juliano.

Conhecida por compôr músicas como Com Ela Que Eu Estou e Casei de Novo, de Cristiano Araújo, Até Você Voltar e Cuida Bem Dela de Henrique e Juliano, Os Anjos Cantam e Calma, de Jorge e Mateus, entre outras, Marília só decidiu soltar a voz há um ano e não esconde a emoção ao falar do atual momento profissional. “Estou em ascensão e descobrindo esse mundo diferente. Vim da composição, conhecia mais os bastidores. Achava que sabia como funcionava essa rotina, mas é totalmente diferente de tudo o que vivi. Fico muito feliz com o que está acontecendo, acho estou no melhor momento possível em minha carreira”, contou ela à CONTIGO!.

O sucesso é tanto, que a cantora ainda segue no ranking mundial de artistas mais tocados do YouTube na última semana. Entre os dias 1 e 7 de julho, Marília aparece na 13ª posição, na frente de nomes como Adele, Ariana Grande, Shakira, Taylor Swift e Maroon 5.

E engana-se quem pensa que o sucesso fica só na internet. A agenda da cantora reúne cerca de 27 shows por mês. Ela, inclusive, participou da gravação do primeiro DVD solo de Leo Santana, em Fortaleza. “Eu sou fã dele, que homem bonito, negão poderoso! Me joguei naquele DVD. Coisa mais linda do mundo”, contou.

Mesmo com a fama, Marília garante que, no dia a dia, nada mudou. “Eu acordo, escovo os dentes, como, durmo e sofro como qualquer outra mulher. Quero muito que elas se enxerguem em mim, porque não sou diferente”, dispara.

Apesar de relembrar a “sofrência” em hits como Infiel e Alô Porteiro, a goiana revela que atualmente está com o coração tranquilo. “Hoje meu coração está bem, parei com a sofrência e estou feliz com uma pessoa. Mas as músicas não param, as pessoas continuam sofrendo. Eu vejo as histórias e faço música”, diz.

Entre os planos para o futuro, em outubro, Marília irá gravar o segundo DVD de sua carreira em Manaus, e faz questão de explicar o motivo do destino. “Assim como todos os lugares que tenho passado, Manaus me recebeu de forma maravilhosa. Mas senti algo diferente, coisa de energia mesmo. Acho que o santo bateu! (risos)”


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas