Apesar de derrota, Dorival não indica mudanças contra o Bahia imprimir publicado em: 04 / 08 / 2017

Sao pauloA derrota do São Paulo por 2 a 1 para o Coritiba, na última quinta-feira, no Morumbi, não altera os planos de Dorival Júnior. Após a partida, o técnico indicou que não realizará mudanças na formação da equipe para o duelo com o Bahia, neste domingo, em Salvador.

Na entrevista coletiva, o comandante são-paulino avisou que poderá trocar peças apenas em função de eventuais problemas físicos dos jogadores.

“Tenho convicções. A equipe está criando, buscando, criando harmonia em campo. Natural que resultado seria fundamental para completar isso. Não acontecendo, não posso criar situação que complique mais. Terei equilíbrio. Se algum jogador não se recuperar, porque o Bahia terá 24 horas a mais para se recuperar. Se tivermos alguma situação, posso pensar em mudar”, explicou.

Questionado acerca do desempenho de Bruno no revés diante dos paranaenses, Dorival eximiu o atleta de culpa no primeiro gol dos visitantes. Foi o lateral direito quem cometeu pênalti em Rildo, que seria convertido por Thiago Carleto.

“A marcação estava encaixada, estabilizada. Não foi uma surpresa do Rildo, ele partiu para o individual e tínhamos três em torno do Rildo. Ele projetou o corpo, deve ter havido movimento do Bruno em impedi-lo com as mãos. Mas a marcação estava encaixada, inclusive com sobra e cobertura. Quando ele deu o corte, teve reação e o Rildo foi inteligente”, analisou.

No entanto, uma mudança terá de obrigatoriamente ser feita. Isso porque Rodrigo Caio foi advertido com o cartão amarelo por reclamação no lance do pênalti e terá de cumprir suspensão automática. Assim, Dorival lançará mão de um de suas quatro opções para a posição: Éder Militão, Aderllan, Douglas e Lugano.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas