Após quatro meses parados, peritos do INSS suspendem greve imprimir publicado em: 25 / 01 / 2016

INSSAinda em estado de greve, os médicos peritos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) voltam parcialmente ao atendimento em todo o país. Mesmo não conseguindo um acordo com o Governo Federal através do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, foi decidido pela suspensão da categoria até a nova rodada de negociações.

De acordo com o gerente regional do INSS no Piauí, Carlos Augusto Viana, “a promessa é que agora no mês de fevereiro, logo após o carnaval, eles [Ministério do Planejamento] devem voltar as negociações das reivindicações que até então não foram atendidas.

Nesse período de paralisação, cerca duas mil perícias deixaram de ser realizadas nas 29 das 32 agências existentes no Piauí. As únicas que continuaram com seu atendimento normal, foram as localizadas nos municípios de Floriano, São Raimundo Nonato e Parnaíba.

Segundo o gerente regional, a prioridade será dada para aqueles que deram a entrada pela primeira vez e os que estão a mais tempo esperando pelo atendimento. “Nesse momento vamos atender toda a agenda do período [de greve] e depois vamos priorizar aquelas pessoas que tentaram requerer o seu benefício pela primeira vez. Esses precisam fazer a perícia para poder começar a receber o benefício, então é essa nossa prioridade. Também aqueles que já querem voltar ao trabalho, estão em condições de voltar e estão apenas esperando a perícia para retornar ao trabalho também é a nossa prioridade”, explica. “O pagamento do benefício será feito desde o dia que requereu seu primeiro atendimento, já que muitos deles já foram reagendados”, completa.

O atendimento nas agências do INSS inicia a partir das 7h30.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas