App Pardal recebe 8 denúncias de candidatos nos primeiros 15 dias imprimir publicado em: 05 / 09 / 2018

pardalCom quinze dias de operação, a versão 2018 do aplicativo Pardal já recebeu oito denúncias contra candidatos em três municípios do Piauí. A ferramenta, disponibilizada pela Justiça Eleitoral, possibilita aos eleitores denunciarem infrações durante as campanhas, com o intuito de contribuir no combate à corrupção eleitoral.

De acordo com a estatística apresentada pelo TRE-PI, são duas denúncias de irregularidades em propagandas eleitorais, uma de compra de voto, uma de crime eleitoral não caracterizado e outras quatro denúncias não especificadas pelos eleitores. Além destas, o Pardal pode ser utilizado para noticiar uso da máquina pública, doações e gastos eleitorais.

Ainda segundo os dados, Teresina foi o município com mais denúncias. Foram seis infrações notificadas só na Capital, uma em Simplício Mendes e outra na cidade de Guadalupe. As denúncias feitas por meio do Pardal são, obrigatoriamente, encaminhadas com elementos que indiquem a existência do fato, como vídeos, fotos ou áudios.

Segundo o TSE, a versão 2018 do Pardal apresenta as mesmas funcionalidades já usadas em 2016, no entanto, há agora a possibilidade de registrar denúncias também contra partido e coligação. Todas as ocorrências serão apuradas pelo TER-PI e o Ministério Público Eleitoral (MPE).

Pelo aplicativo, não serão processadas denúncias contra supostas irregularidades na propaganda eleitoral veiculada nas emissoras de TV ou rádio e na internet, bem como notícias de infrações relacionadas a candidatos aos cargos de presidente e vice-presidente da República. Nesses casos, o eleitor deverá encaminhar as eventuais denúncias pelos meios tradicionais.

portalodia.com

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas