Assis Carvalho aciona PF por sabotagem em seu veículo e reage a boatos imprimir publicado em: 08 / 08 / 2014

assisO deputado federal Assis Carvalho (PF) acionou a Policia Federal denunciando sabotagem em seu veículo durante atividade de campanha no Norte do Estado. Ele também pediu segurança ao ministro da justiça, José Eduardo Cardoso. O parlamentar, que tenta a reeleição, acredita que adversários estão tentando lhe assassinar. É o segundo caso de denúncia de sabotagem nas eleições deste ano. O primeiro foi do candidato a senador pelo PSC, Gustavo Henrique.

Assis contou que no último final de semana seu veículo, um trail Blazer, apresentou problemas de freios durante atividade de campanha.

“O carro estava completamente sem estabilidade e durante vistoria na concessionária foi descoberto corte na pastilha de freios com indícios de sabotagem. Com essa confirmação acionamos a Polícia Federal”, disse Assis Carvalho.

“Inicialmente se pensava que estava diante de uma avaria ou defeito, decorrente da própria utilização. No entanto, após as primeiras análises dos mecânicos da autorizada, se constatou que de fato estava diante de um fato criminoso, com características de sabotagem e atentado contra a minha vida e de minha equipe”, afirmou Assis Carvalho a PF.

De acordo com o parlamentar, quando ele e equipe estavam saindo de Parnaíba em direção da cidade de São João do Arraial, o freio falhou e por pouco não causou um acidente. Ao chegar em Piracucura não havia condições de dirigibilidade e chamou o reboque.

carro“Estou surpreendido e sofrendo com isso. Não sabia que a campanha ia chegar a este nível. O carro foi isolado pela PF, pois vem um perito especializado para dar um laudo sobre o caso”, disse o parlamentar.

Boatos

Assis condenou os boatos que circularam na rede social na tarde de hoje com uma imagem de seu veículo sendo periciado pela PF.

Várias postagens diziam que o carro do parlamentar foi apreendido pela PF, pois existia dinheiro escondido no veículo.

“Eles são piores do que se imagina. Creio que as mesmas pessoas que postam uma mensagem como essa, também são capazes de sabotarem. Os boatos caracterizam crime eleitoral e penal”, disse Assis.

Ele informou que algumas postagens na rede social já foram apreendidos pela sua assessoria jurídica e também serão entregues a Polícia Federal.

Os técnicos da autorizada,  segundo Assis Carvalho, constataram que o parafuso fixador da barra estabilizadora traseira do veículo no bloco da carroceria estava folgado e faltava uma pastilha de freio da roda traseira esquerda.

“Foram encontradas também marcas de mão na parte de estabilização, mas segundo a delegada não havia digitais. A suspeita é de o carro possa ter sido manipulado com luvas”, conta o motorista do deputado, Edmilson Barros, que dirigia o veículo.

Como a Polícia Federal do Piauí não possui um perito especializado em mecânica, a PF trará um perito de outro estado para avaliar o veículo que permanece na concessionária.

O caso será investigado pela PF de Parnaíba, porque o carro começou a apresentar problemas mecânicos após a equipe do deputado pernoitar na cidade.

Cidadeverde.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas