Bando sequestra tesoureira do BB e mantém família refém durante assalto imprimir publicado em: 15 / 02 / 2017

banco do brasil

Agência do Banco do Brasil na Zona Sul de Teresina

Uma funcionária do Banco do Brasil, identificada como Jussandra Borges, foi vítima de um sequestro relâmpago junto com mais dois membros de sua família na noite de ontem (14) na zona Sul de Teresina. Segundo a polícia, ela foi abordada pelos criminosos na saída de casa e obrigada a ficar trancada dentro da residência na companhia dos filhos e do namorado.

“Eles passaram a noite inteira com ela lá dentro, fazendo ameaças e acuando os familiares. Quando foi na manhã de hoje, o grupo se dividiu e uma parte ficou na residência e a outra seguiu com ela para a agência bancária do Banco do Brasil da Ceapi, onde a obrigaram a sacar uma quantia em dinheiro”, relata o coronel Paulo de Tarso, comandante de Policiamento Metropolitano de Teresina.

De acordo com ele, depois de sacar o dinheiro, os criminosos teriam obrigado Jussandra a entrar novamente no carro e circularam com ela pelas ruas da cidade, liberando na saída de Teresina em direção a Campo Maior, na BR-343. Ao mesmo tempo, a parte de quadrilha que mantinha os filhos e o namorado de Jussandra reféns em casa, também os libertaram. Policiais do 5º e do 6º BPM fazem diligências na cidade no sentido de tentar localizar os suspeitos, que fugiram no veículo da funcionária, um Renault Duster de cor branca.

Jussandra foi resgatada pelos policiais e encaminhada para a sede do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO) onde prestou depoimento ao delegado Willame Morais, junto com os familiares. O GRECO já abriu um inquérito para apurar o ocorrido.

A assessoria do Banco do Brasil informou já ter conhecimento de toda a ação criminosa, mas não de detalhes nem os valores que teriam sido subtraídos pelos suspeitos.

portalodia.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas