Bunge recorreu à Justiça sobre dívida de R$ 30 milhões com o PI imprimir publicado em: 06 / 01 / 2016

A Bunge Alimentos, em nota, disse que o Estado do Piauí não vai, segundo ela, ser lesionado no tocante à uma dívida que seria de R$ 30 milhões que a multinacional possuiria com o fisco estadual, e que a Polícia Civil tenta, através de inquérito já aberto, apurar as responsabilidades criminais do não pagamento.

Quem está à frente das investigações é a Delegacia Especializada em Crimes Contra a Ordem Tributária e as Relações de Consumo (DECCOTERC).

Ainda segundo a empresa, ela recorreu à justiça. E afirmou que, “também como estipulado na legislação, e para seguir com a discussão na Justiça, a Empresa ofereceu todas as garantias exigidas, não havendo, portanto, risco para o Estado, caso este ganhe a ação movida pela Bunge”.

Também negou haver “qualquer conduta lesiva aos cofres do Estado”.

Veja a íntegra da nota:

“Com relação à matéria publicada no site 180graus, a Bunge esclarece, desde logo, que não há, de sua parte, qualquer conduta lesiva aos cofres do Estado, muito menos sonegação. O que existe é uma discussão, nas esferas administrativa e judicial, sobre o procedimento de centralização de pagamento de imposto, prevista na legislação, e adotada pela Empresa. Também como estipulado na legislação, para seguir com a discussão na Justiça, a Empresa ofereceu todas as garantias exigidas, não havendo, portanto, risco para o Estado, caso este ganhe a ação movida pela Bunge.

Atenciosamente,
Assessoria de Imprensa da Bunge Brasil”


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas