Cabo Uchoa segue internado no HUT após ser baleado por PM imprimir publicado em: 15 / 02 / 2018

cabo

Cabo Valter Uchoa

Valter Portela Uchoa, de 53 anos, mais conhecido como cabo Uchoa, ainda continua internado no Hospital de Urgência de Teresina (HUT). A informação foi confirmada na manhã desta quinta-feira (15), através da assessoria do hospital. O policial está consciente e orientado.

Ele deu entrada no HUT às 23h, após ter sido baleado na axila por uma colega de trabalho, também policial, durante uma briga em um bar na Santa Maria da Codipi na noite da última terça-feira (13). O policial ferido ainda segue internado em recuperação e conforme o HUT, por enquanto, ele não passará por nenhum procedimento cirúrgico.

Cabo Uchoa é lotado no Hospital da Polícia Militar do Estado do Piauí.

Entenda o caso

O cabo Uchoa, da Polícia Militar do Piauí, foi baleado por um colega de trabalho na noite dessa terça-feira (13) durante uma briga no bairro Santa Maria da Codipi, zona norte de Teresina. Ainda não foi revelado onde os dois são lotados. O PM atirou contra a vítima, propositalmente, em uma discussão durante uma bebedeira.

Outro lado

Segundo o major Marcelo Barros, da diretoria de comunicação da Polícia Militar, ainda não é confirmado que o cabo Uchoa foi baleado por outro policial. “Dois policiais estavam em uma festa de família, e houve um atrito. E disso ‘aí’, um policial saiu baleado. Mas, o fato de dizerem que ele foi baleado por outro PM ainda está sendo averiguado. A arma não foi encontrada. Quando a Polícia Militar chegou não tinha mais nada no local, até a vítima já tinha sido levada para o hospital”, contou major Marcelo.

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas