Candidato entra com representação no TRE contra divulgação de pesquisa imprimir publicado em: 20 / 08 / 2014

TREO candidato ao Senado Wilson Martins, entrou com mandado de segurança solicitando a suspensão de uma pesquisa do Instituto Piauiense de Opinião Pública – Amostragem, encomendada pelo Sistema Meio Norte de Comunicação. A ação foi impetrada devido à pesquisa induzir o eleitor a votar no candidato da oposição, vinculando o seu nome ao da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula.

Na questão de número 9, o Instituto caracteriza Elmano Ferrer como o “Vein Trabalhador”, adjetivo de campanha usado para atrair a atenção do eleitorado. Enquanto Wilson Martins é apresentado apenas pelo nome. Outro quesito que chamou a atenção dos advogados foi o fato das perguntas 9 e 10 veicularem o nome do candidato petebista ao da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula. Por outro lado, Wilson é associado ao nome do presidenciável Aécio Neves, sendo que o candidato ao senado sempre demonstrou apoio a Eduardo Campos e Marina Silva, ambos do PSB.

“Fica bastante claro a tentativa do Instituto de manipular a resposta do eleitor, que acaba não tendo alternativas a não ser a de afirmar que vota no candidato da oposição. Estamos atentos a todas essas tentativas fraudulentas de manobrar o rumo das campanhas e por isso demos entrada em um mandado de segurança para que a pesquisa fosse imediatamente suspensa”, explica o advogado Emmanuel Fonseca.

Encomendada pelo Sistema Meio Norte de Comunicação, a pesquisa para aferir a intenção de votos para governador e senador no período de 16 a 19 de agosto custou R$ 46.000,00 (quarenta e seis mil reais) e foi registrada com o número PI-00087/2014.

De acordo com o Código Eleitoral, a divulgação de pesquisa fraudulenta constitui crime, punível com detenção de 6 meses a 1 ano e multa no valor de R$ 53.205,00 (cinquenta e três mil e duzentos e cinco reais) a R$ 106.410,00 (cento e seis mil e quatrocentos e dez reais), com base no art. 33, § 4º, da Lei nº 9.504/97.

PortalAZ


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas