Candidatos declaram doações que somam mais de R$ 2 milhões imprimir publicado em: 13 / 10 / 2016

A menos de 20 dias para a prestação de contas final dos candidatos das eleições municipais deste ano, dados do TSE mostram que o somatório das doações para os sete candidatos a prefeito de Teresina passaram de R$ 2 milhões. Nenhum candidato recebeu doações pela internet. Apenas Quem Quem (PTN) não declarou as suas receitas e despesas no site.

Firmino

Prefeito reeleito, Firmino Filho, foi o que declarou maior volume de doações: pouco mais de R$ 1 milhão

O candidato que mais recebeu doações foi o prefeito reeleito Firmino Filho (PSDB), com R$ 1.052.456,78 no total. A declaração de prestação de contas mostra também que a maior parte deste valor foi doação de partidos que formaram sua coligação, R$ 457.956,78, ou seja, 56,49%. O PSDB foi a sigla que mais doou, com R$ 300 mil.

Ainda na declaração de contas de Firmino Filho mostra-se que 81% das despesas foram pagas com dinheiro recebido dos fundos partidários. O total de despesas pagas foi de R$ 618.561, 90. A maioria deste valor, ou seja, R$ 300 mil, foi utilizada para pagar produção de programas de rádio, televisão ou vídeo.

Também com alto valor nas receitas, Dr. Pessoa (PSD) conseguiu R$ 768.560,00 no total de recursos recebidos para campanha. 23,42% do dinheiro foi de doação de partidos, que representa R$ 180 mil do total, outros 17% foi doação de pessoas físicas, isto é, 136.680,00. Dentre os doadores, o próprio candidato foi quem mais investiu na campanha, doando cerca de R$ 452 mil.

As despesas do candidato, que ficou em segundo lugar nas eleições para Prefeitura, somam R$ 554.355,31, a maior parte, 68%, foi paga com doações de outros recursos, que não de fundos partidários. O PSD, partido da coligação que mais doou, investiu R$13.880. A maior despesa do Dr. Pessoa também foi com produção de programas de rádio, televisão ou vídeo.

Amadeu Campos (PTB) declarou que recebeu R$ 182.792 em doações. Mais de 47% foi de doação de pessoas físicas, cerca de R$ 86 mil. No ranking de doadores, Amadeu Campos aparece em primeiro lugar, investindo R$ 52.250,00, seguido do PTB, que doou R$ 40 mil. Nas despesas contratados pelo candidato, cerca de R$ 439 mil, apenas 34% foram pagas com recursos do fundo partidário. O maior gasto foi com servi- ços prestados por terceiros, R$ 207 mil do total.

A candidata do PSTU, Luciane Santos, declarou ao TSE que recebeu R$ 7.620,00 em doações. Mais de 73% desse total foi doa- ções de pessoas físicas. O partido de Luciane não doou para a realização da campanha. Luciane Santos gastou R$ 5.900 durante os 35 dias de campanha, 84% do valor com pagamento de produção de programas de rádio, televisão ou vídeo.

Everton Diego (PSOL) recebeu R$ 4.200, quase que totalmente do próprio partido. Everton Diego foi a única pessoa física que doou recursos para suas campanha, R$ 700. O dinheiro foi gasto, em sua maior parte, com publicidade por materiais impressos, que custou R$ 3.500.

Lourdes Melo (PCO) recebeu em toda sua campanha R$ 300, que ela mesma doou. A candidata não declarou gastos de campanha em sua prestação de contas. Quem Quem (PTN) também não declarou suas prestações de contas, não informou nem as doações que recebeu e nem os gastos que teve durante a campanha.

Prazo para prestação de contas encerra dia 1º

Termina dia 01 de novembro o prazo final para os candidatos, inclusive os vice-prefeito, e os partidos políticos encaminharem à Justiça Eleitoral as prestações de contas referentes ao primeiro turno.

O TRE orienta ainda que os candidatos precisam entregar a documentação nos cartórios eleitorais e não apenas enviar pela internet. A confirmação do envio só é feito após a entrega dos documentos pessoalmente, que precisa conter o relató- rio discriminado das transferências do Fundo Partidário, que tenham recebido para financiamento de campanha eleitoral a parti do dia 8 de setembro, além de especificar os recursos em dinheiro e os gastos realizados no mesmo período
portalodia.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Vale

últimas