Cão-robô japonês testa cheiro dos pés e “denuncia” chulé imprimir publicado em: 08 / 09 / 2017

robo

Robô: o modelo custa mais de mil euros (1.200 dólares)

Seus pés cheiram mal ou são perfumados? Um cãozinho-robô japonês dá um veredito implacável em segundos.

Com seu nariz eletrônico, este animal artificial desenvolvido pela empresa japonesa Next Technology reage de forma diferente dependendo do cheiro dos pés.

Os japoneses são altamente sensíveis aos odores, mas, ao contrário dos ocidentais, usam pouco desodorante e perfume.

Além disso, no Japão, as pessoas retiram os sapatos várias vezes ao dia: quando estão em casa, na casa de amigos, em muitos restaurantes e às vezes até no local de trabalho.

Ter chulé é, portanto, desconfortante.

O cão “Hana-chan”, com cerca de 15 cm de comprimento, se pronuncia adotando posições diferentes: se agacha muito feliz se os pés cheiram bem e chega a desmaiar se o fedor é insuportável.

A mesma empresa já havia desenvolvido uma versão anterior, mas a que será colocada à venda em breve será capaz de pulverizar desodorante.

Para obter os serviços deste robô, a pessoa terá que desembolsar mais de 1.000 euros (1.200 dólares).

AFP


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas