Caso Algodões: Relator do STJ vota pela absolvição de Wellington Dias imprimir publicado em: 21 / 04 / 2016

Dias

Ao lado do prefeito Rubens Vieira, de Cocal, em recente visita à cidade

O governador Wellington Dias (PT) foi absolvido pela acusação de homicídio culposo em processo que estava no Superior Tribunal de Justiça (STJ) em decorrência da tragédia ocorrida em maio de 2009 na cidade de Cocal, Norte do Piauí.

Na época a barragem Algodões havia rompido em decorrência de uma forte chuva que caiu na região e nove pessoas morreram arrastadas pelas águas que destruíram várias localidades do município. Um processo chegou ao STJ contra Wellington, que cumpria seu segundo mandato.

O ministro do STJ Raul Araújo, relator da ação penal que acusa o governador de homicídio culposo (quando não há intenção de matar), votou pela absolvição sumária do chefe do executivo estadual. O julgamento aconteceu nesta quarta-feira (20/04), mas foi suspenso por pedido de vista do ministro Mauro Campbell.

É um processo movido pelo Ministério Público. A acusação trata de imprudência por parte do governador por ter supostamente autorizado, através de secretários responsáveis, o retorno de moradores a áreas consideradas de risco. A defesa de Wellington alega que não houve essa ordem de retorno. O relator disse que “não se constata falta de prudência” do governador pois houve sim a retirada dos moradores das localidades de risco.

O Olho


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas