Cerca de 1.200 Operários da Transnordestina deflagram greve imprimir publicado em: 15 / 08 / 2014

obraPelo menos 1.200 trabalhadores da obra da Transnordestina no Piauí estão em greve por tempo indeterminado desde o dia de ontem(14). Eles exigem da empresa responsável pela obra, a Civilport que seja negociada uma pauta com 17 itens dentre eles os o reajuste salarial, melhorias na alimentação e aumento no valor da cesta básica.

Estes operários trabalham no trecho da Transnordestina entre os municípios de Itaueira e Canto do Buriti. A obra da Transnordestina, prevista para ser concluída em 2010 está atrasada por conta das constantes paralisações e agora só devem ser concluídas em 2018.

O movimento grevista é organizado pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Industrias da Construção de Estradas, Pavimentação e Terraplanagem em Geral do Estado do Piauí (SINTEPAV-PI).

obra

[email protected]

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas