Cesta básica em Teresina fica 1,22% mais barata no mês de fevereiro imprimir publicado em: 08 / 03 / 2017

cesta basicaA cesta de alimentos básicos em Teresina caiu 1,22% em comparação com o mês de janeiro de 2017. Mesmo com o a queda no valor da cesta básica, Teresina ficou na 14ª posição entre as 27 cidades pesquisadas, de acordo com os dados da Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, realizadas mensalmente pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE). Em janeiro, a cesta básica custou R$ 376,48 na capital piauiense.

No mês de fevereiro de 2017 houve retração no valor médio do feijão carioca (-14,76%), tomate (-3,18%), leite integral (-2,42%), carne bovina de primeira (-1,32%). O açúcar cristal não apresentou variação. Os demais produtos apresentaram aumento: manteiga (4,41%), café em pó (4,11%), óleo de soja (3,21%), banana (2,21%), farinha de mandioca (0,81%), pão francês (0,53%), arroz branco agulhinha (0,25%).

Em relação ao tempo de trabalho para adquirir os produtos da cesta, observou-se que o trabalhador teresinense cumpriu jornada de 88 horas e 23 minutos em fevereiro de 2017, menor que o tempo necessário calculado em janeiro, 89 horas e 29 minutos.

Quando se compara o custo da cesta e o salário mínimo líquido, ou seja, após os descontos previdenciários, verificou-se que o trabalhador teresinense, remunerado pelo piso nacional, comprometeu, em fevereiro de 2017, 43,67%, dos vencimentos com a cesta. Isto significa que comparando com o mesmo mês do ano anterior o trabalhador compromete -3,01% do salário.

Portaldaclube


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas