Chavez exalta Bauza e já pensa em contrato mais extenso com Tricolor imprimir publicado em: 28 / 07 / 2016

Andres Chavez Mal se apresentou ao São Paulo, o atacante Andres Chavez já pensa em estender seu contrato com o novo clube. El Comandante disse, na última quarta-feira, querer realizar um bom trabalho no Morumbi para convencer a diretoria tricolor a comprar seus direitos econômicos e ter seu futebol em definitivo. Com 25 anos, custou 600 mil dólares (cerca de R$ 1,8 milhão) para defender o time brasileiro por empréstimo de um ano.

“É um empréstimo com opção de compra e confio que as coisas acontecerão bem. é um futebol lindo para vir jogar. Vou tratar de fazer meu melhor para que o clube decida me comprar”, garantiu o jogador de 25 anos.

Canhoto, o atacante chega do Boca Juniors para ajudar a preencher as lacunas deixadas após as saídas de Jonathan Calleri e Alan Kardec, embora seja originalmente um ponta esquerda. Além de Chavez, Gilberto foi contratado para o setor ofensivo, tido como o mais carente do elenco tricolor. O técnico Edgardo Bauza, no entanto, quer pelo menos mais um centroavante.

“Estou contente. Foi tudo muito rápido, de um dia para o outro. Estou feliz por estar em um grande clube e quero mostrar o que sei nesta oportunidade. A cidade é muito grande e bonita. Estou me adaptando. Aqui, os companheiros estão me acolhendo bem e o corpo técnico fez um esforço para que eu viesse. Fiquei feliz”, vibrou o argentino.

Indicado pelo Patón, El Comandante, como é conhecido na Argentina, elogiou o histórico de seu novo treinador e demonstrou orgulho por ter chamado sua atenção. “Eu falei com ele de minha chegada e sei que fez um esforço para que eu chegasse. Isso me deixa muito feliz. Ele fez coisas muito grandes na Argentina e colaborou para me convencer”, contou Chavez, antes de comentar a possibilidade de Bauza assumir a seleção argentina.

“Desejo o melhor a ele. Se acontecer de sair, é porque fez bem as coisas. Agradeceria por estar com ele pouco tempo e aprender. Não é fácil dizer não à seleção, é uma oportunidade muito linda. Vou aproveitar e me adaptar a ele”, concluiu.

Bem fisicamente, Andres Chavez aguarda ter o nome divulgado no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF para ficar à disposição de Bauza para o jogo contra a Chapecoense, no próximo domingo, no Morumbi. Tendo a situação burocrática regularizada, o atacante deverá integrar o banco de reservas no confronto válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas