Chefe da AGU discute com Padilha e diz que quem demite é Temer imprimir publicado em: 09 / 09 / 2016

padilha e medina

Ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, e da AGU, Fábio Medina Osório

Após uma dura discussão nesta quinta-feira (8), o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, teria demitido o ministro da Advocacia-Geral da União, Fábio Osório Medina. Medina, no entanto, não reconhece a demissão. Para ele, é o presidente Michel Temer quem deve decidir sobre a saída de um ministro. O Palácio do Planalto ainda não se manifestou sobre se a demissão é oficial.

Padilha indicou Medina para a pasta, mas estaria insatisfeito com uma sucessão de ações consideradas erráticas pelo Planalto por parte do ministro no comando da AGU.

Nesta quinta, Medina disse que “não é Padilha quem demite” e que aguardava uma conversa com o presidente Temer.

“Se eu sair amanhã do governo, sairei sem ter falado com Temer. O mínimo que se espera é uma conversa com o presidente. Que governo é esse que ministro demite ministro? Eu não pedi demissão”, afirmou o titular da AGU.

No Planalto, assessores dão como certa a saída de Medina. Ministros já buscam, inclusive, um sucessor. A mais cotada é Grace Mendonça, da própria AGU, mas Temer ainda não teria batido martelo sobre um eventual novo ministro.

Perfil
Medina assumiu a AGU assim que Temer passou a exercer a presidência, em maio, com o afastamento de Dilma Rousseff. Advogado e professor, ele é ex-promotor de Justiça do Rio Grande do Sul e especializado em leis sobre combate à corrupção.

Antes de ser ministro, ele foi um dos convidados pela oposição para falar na Comissão Especial de impeachment no Senado.

G1


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas