Chesf quer extinguir Centro de Operação no Piauí imprimir publicado em: 14 / 08 / 2017

chesfDurante reunião realizada entre o Sindicato dos Urbanitários e a diretoria de operação da Chesf, o diretor da empresa, João Henrique, falou sobre o projeto de extinção do Centro Regional de Operação de Sistema do Piauí-CROO, que será transferido para o Estado do Ceará.

Segundo o diretor, os motivos que levaram a diretoria de operação a tomar esta decisão são basicamente os seguintes: o avanço tecnológico que a Chesf fez em seu sistema; a situação financeira da empresa; a necessidade de completar o quadro de operadores de instalação nas subestações de Teresina 1, 2 e 3; como também seguir uma tendência do mercado em redução de centros de operação do sistema.

O Sindicato se manifestou contrário a tal decisão tomada pela diretoria da Chesf e buscará os meios legais para reverter tal decisão. “Entendemos de forma clara a importância do CROO para o Piauí, que já vem desenvolvendo seu trabalho há 42 anos e nos últimos anos tem sido destaque na recomposição do sistema, como também tem se destacado na aplicação das normas da empresa e de qualidade ISO 9001”, disse Paulo Sampaio, presidente do Sindicato.

Ele ressaltou ainda que no Piauí, nos últimos anos, cresceu o número de consumidores de energia elétrica e aumentou a carga em MW/h que passam pelas redes de transmissão do Estado, transformando-o em ponto frágil e um grande transportador de energia elétrica para o Norte e Nordeste e, portanto, tal decisão representa um risco ao sistema elétrico do Piauí e destas regiões.

Segundo o diretor do sindicato, Herbert Marinho, com o fim do CROO o contato com as manutenções das subestações e usina ficarão distantes, pois passará a ser feito por Fortaleza e que os contatos com as empresas distribuidoras dos estados do Piauí e Maranhão (CEPISA e CEMAR) terão que ser feitos também por lá. “Precisamos que o serviço se mantenha aqui no Estado, pois são postos de trabalho que serão extintos e uma mão de obra qualificada que vai sair do Piauí”, afirma Marinho.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas