Campo Maior - Dono da Notícia
  • Frentista morre após colidir moto em carro empurrado por casal no PI
  •   publicado em 29 / 06 / 2015

    frentistaUm homem identificado como Antônio Francisco, que trabalhava em um posto de combustível em Campo Maior, cidade que fica a 84 km de Teresina, morreu no início da noite desse domingo, (28/06), depois de colidir a motocicleta que conduzia em um carro que estava sendo empurrado por um casal.

    De acordo com informações apuradas pelo site Portal de Campo Maior, o veículo estava com problemas mecânicos. O acidente aconteceu na PI-115, nas proximidades da comunidade Café do Vento, zona rural do município.

    Segundo o policial militar Sobrinho, o frentista voltava de um bar, quando se chocou na traseira do carro e caiu da moto. O motoqueiro morreu antes dos primeiros socorros. A mulher que empurrava o carro também teria sido atingida e ficado ferida.

    O corpo de Antônio Francisco foi levado para o necrotério do Hospital Regional de Campo Maior. O homem foi a segunda vítima fatal de acidente de moto em Campo Maior no domingo. Outra pessoa morreu depois de colidir com poste na BR-343.

  • Procissão abre o tradicional festejo de Santo Antônio em Campo Maior
  •   publicado em 01 / 06 / 2015

    procissaoComeçou neste domingo (31) o tradicional Festejo de Santo Antônio Aparecido em Campo Maior. O ponto de partida foi uma procissão quilométrica que reuniu milhares de fieis que acompanharam todo o trajeto cantando o hino. Alguns pagando e outros fazendo novas promessas ao padroeiro do município que é conhecido como santo casamenteiro.

    Participaram da abertura dos festejos, o Governador Wellington Dias, a vice-governadora Margareth Coelho, o Prefeito Paulo Martins, anfitrião do evento, o Deputado Estadual Aluísio Martins, vereadores, lideranças políticas, secretários municipais e autoridades de toda a região.

    A procissão largou na Igreja de Nossa Senhora de Lourdes, cruzou as Avenidas Santo Antônio, Siqueira Campos e encerrou no adro da Igreja Matriz de Santo Antônio com o hasteamento do Mastro de Santo Antônio.

    Em seguida o Bispo Dom Eduardo fez a bênção de abertura destacando os 300 anos da diocese e ressaltando que foi a segunda a ser instalada no Piauí. O prefeito Paulo Martins também fez o uso da palavra dando destaque a organização da parte social que compete à prefeitura. “Temos 25 viaturas para fazer a segurança da população que vier ao evento, preparamos uma programação festiva com bandas locais e até nacionais e montamos toda uma estrutura para atender nossos visitantes”, afirmou o prefeito. Logo após a fala do prefeito foi realizada a queima de fogos de artifício.

    redacao@donodanoticia.com

  • Paulo Martins convida turistas para conhecer Campo Maior nos festejos
  •   publicado em 16 / 05 / 2015

    pauloO Prefeito de Campo Maior, Paulo Martins convidou os turistas que planejam visitar seu município durante o Festejo de Santo Antônio, padroeiro da cidade, para aproveitarem a oportunidade para conhecer o potencial turístico local.

    “Nosso desejo é que as pessoas visite a Campo Maior não somente para participar da programação a noite, mas também conhecer os pontos turísticos da cidade como as paisagens, barragens, história, cultura, fazendas históricas e principalmente a culinária”, comentou.

    O gestor adiantou que já está nos ajustes finais para a realização do festejo. “Teremos bandas todas as noites no Espaço Cultural, além das festas particulares e toda a religiosidade do nosso festejo que é considerado o maior do Estado”, frisou.

    O Festejo de Santo Antônio inicia no próximo dia 31 de maio com a grande procissão saindo do Colégio Patronato com o mastro até a Catedral de Santo Antônio onde é realizada a queima de fogos. O encerramento acontece no dia 13 de junho com outra procissão.

  • Prefeitura de Campo Maior tem energia cortada; dívida de R$ 12 milhões
  •   publicado em 07 / 05 / 2015

    Por causa de uma dívida estimada em R$ 12 milhões com a Eletrobras, a Prefeitura de Campo Maior teve a energia cortada. Para evitar a suspensão dos serviços básicos oferecidos em sua sede, a administração municipal alugou um gerador. A situação, porém, está longe de ser resolvida definitivamente.

    A Prefeitura de Campo Maior admite o problema e explica o cenário. De acordo com a coordenadora municipal de Comunicação, Valdamir Alvarenga, o déficit é uma herança de gestões anteriores. “Quando Paulo Martins assumiu a Prefeitura de Campo Maior, recebeu uma dívida com a Eletrobras de R$ 12 milhões de gestões anteriores. Os gestores acordavam com a Eletrobras o parcelamento, mas não cumpriam. Quando Paulo Martins entrou, continuou com o acordo, pagou algumas parcelas, mas depois não teve mais condições”, argumenta.

    gerador

    Valdamir Alvarenga confirma que a sede da Prefeitura de Campo Maior funciona atualmente graças a um gerador alugado e diz que o problema não tem data certa para ser solucionado definitivamente.

    “A dívida com a Eletrobras e os salários atrasados resultaram em bloqueios judiciais. Alguns desses bloqueios são programados; outros, não. Isso deixou a Prefeitura de Campo Maior em uma situação difícil, e ela não conseguiu honrar o débito. Ela estava pagando o que consumia mensalmente, mas não o que havia sido acordado anteriormente”, explica Valdamir Alvarenga, antes de acrescentar que o débito mensal da administração municipal com a Eletrobras chega a R$ 100 mil.

    Segundo Valdamir Alvarenga, a situação só deverá ser resolvida quando Prefeitura de Campo Maior e Eletrobras entrarem em um novo acordo. Não há, contudo, reunião agendada entre as duas partes. “Como não pode ficar sem manter seus serviços, a Prefeitura de Campo Maior resolveu contratar temporariamente um gerador”, assinala.

  • Após jogo, torcedores do River se envolvem em acidente na BR-343
  •   publicado em 02 / 05 / 2015

    vanUma van que transportava torcedores do River sem envolveu um acidente na noite de ontem (01), na Br-343, próximo da Universidade Estadual do Piauí, em Campo Maior, a 81 km de Teresina. A colisão frontal teria sido provocada pelo motorista do carro, identificado como Adécio. De acordo com a imprensa local, o homem entrou na contramão e estava aparentemente embriagado.

    Segundo o inspetor da Polícia Rodoviária Federal, Ronaldo Meneses, houve um tumulto logo após o acidente. “A equipe que atendeu a ocorrência informou que os torcedores do River tentaram agredir o motorista do carro, mas ele conseguiu fugir em uma moto”, conta o policial.

    O homem ainda teria sofrido algumas agressões, mas a população impediu os torcedores de continuarem batendo no motorista. “Não foi feito exame de alcoolemia porque ele fugiu do local”, disse o inspetor.

    Os torcedores do River tinham ido assistir ao jogo contra o Caiçara, que aconteceu no Estádio Deusdeth de Melo, em Campo Maior.

    campo maior

    Com informações do Campo Maior em Foco

  • Polícia Militar de Campo Maior vai receber novas viaturas
  •   publicado em 08 / 04 / 2015

    pm

    PM de Campo Maior vai receber novas viaturas para policiamento ostensivo

    O deputado estadual Aluísio Martins e o comandante geral da Polícia Militar, coronel Carlos Augusto, entregarão duas viaturas para a Polícia Militar de Campo Maior e outra para a cidade de Cocal de Telha. Os carros vão auxiliar no trabalho dos policiais do 15º Batalhão de Polícia Militar no policiamento ostensivo desses municípios.

    Campo Maior ainda vai receber outras duas viaturas, modelo pick-up 4×4, que também serão entregues ao comandante do 15º BPM, tenente-coronel Rui Nunes Cordeiro. Na solenidade desta quinta-feira, (9), a PM de Campo Maior vai receber dois veículos, modelos gol.

    De acordo com o deputado estadual Aluísio Martins, os veículos fazem parte do planejamento de ações de melhorias que serão implementadas na Segurança Pública em Campo Maior, que também está incluído o reforço humano com a incorporação de pelo menos 40 homens no batalhão campomaiorense.

  • Caminhão desgovernado invade casa e vai parar no quarto em Campo Maior
  •   publicado em 20 / 03 / 2015

    caminhaoUma caminhão carregado com uma máquina perfuratriz, invadiu uma casa na Avenida Santo Antônio, em Campo Maior, a 84 km de Teresina, após quebrar a barra da direção e o motorista perder o controle. O veículo foi parar no quarto do casal dono da residência atingida. O acidente aconteceu na tarde de quinta-feira (19/03).

    De acordo com a dona de casa, Beatriz Santana, o carro derrubou a parede do seu quarto, desmontou o guarda-roupas e quebrou a cama. No momento do acidente não havia ninguém no cômodo, mas a invasão do caminhão assustou as pessoas que estavam na casa.

    O motorista não foi identificado e o caminhão ficou atravessado na avenida, impedindo o tráfego de veículos.

    caminhao

    Fonte: Portal de Campo Maior

  • Após briga, homem tenta se vingar da esposa e é preso
  •   publicado em 16 / 03 / 2015

    gaivotaUm comerciante foi preso em flagrante nesta segunda-feira (16) na cidade de Campo Maior, Norte do Piauí, no momento em que tentava agredir a sua companheira dentro de um bar na BR-343. De acordo com o sargento Luís Ferreira Cunha, comandante da Força Tática, o suspeito tentou se vingar da mulher, que no domingo (15) lhe feriu nas costas com uma faca.

    “Na noite anterior, o comerciante com ciúmes atingiu a mulher com uma garrafa na cabeça dentro do bar do casal. Ela, então, revidou com uma faca e perfurou as suas costas. Os dois foram levados para o hospital e em seguida a companheira prestou depoimento na delegacia, mas foi liberada porque agiu em legítima defesa”, relatou o policial.

    Após receber alta nesta segunda-feira (16), o comerciante retornou ao bar para a agredir a companheira novamente e foi flagrado pelos policiais. Levado para o 1º Distrito Policial, o suspeito teve prisão decretada e autuado na Lei Maria da Penha.

    “Clientes do bar relataram que ele sentia muito ciúmes da mulher e agressões eram constantes. Desta vez ela revidou e no final o marido acabou preso”, contou o comandante.

  • Após ser espancada, mulher esfaqueia companheiro em Campo Maior
  •   publicado em 16 / 03 / 2015

    facadaUma mulher identificada apenas como Maria esfaqueou seu companheiro, Antônio Marcos de Abreu, no final da tarde de ontem (15), em um bar localizado na BR-343, próximo a saída de Campo Maior. O homem teria agredido a mulher, que revidou desferindo golpes de faca nas costas e barriga de Antônio José. Uma viatura do SAMU foi chamada e encaminhou o homem para o hospital regional, onde está internado.

    Segundo o sargento Cunha, do comando de policiamento de Campo Maior, Maria é a dona do bar onde aconteceu o crime. “Ela conta que o homem fica muito agressivo quando bebe e sempre a agride motivado por ciúmes. Parece que ele não aceita a forma como ela trata os clientes de seu bar”, conta.

    O sargento estava de folga quando passava pelo local e percebeu a grande movimentação. “Quando entrei no bar, me deparei com o local cheio de sangue e vários cascos de vidro pelo chão. A mulher chorava muito, ela declarava que estava arrependida”, detalha.

    Maria foi encaminhada para a delegacia de Campo Maior e Antônio continua internado no hospital regional de Campo Maior. Segunda a PM, sua situação é grave.

    portalodia.com

  • ‘Batalha do Jenipapo é para orgulhar os piauienses’, diz Wellington
  •   publicado em 14 / 03 / 2015

    O governador Wellington Dias (PT) saiu em defesa da presidenta Dilma Rousseff (PT), durante sua passagem por Campo Maior nesta sexta-feira, para participar das celebrações pelos 192 anos da Batalha do Jenipapo.

    Questionado sobre as manifestações agendadas para ocorrer no próximo domingo (15) em todas as capitais e diversas outras cidades do País, Wellington disse que Dilma é uma das pessoas mais honestas que ele conhece.

    jenipapo

    O petista também comentou o impasse sobre qual parlamentar substituirá Fábio Novo (PT) no posto de líder do Governo na Assembleia Legislativa. Para Wellington, esta é uma questão que deve ser resolvida com “muito diálogo”, e garantiu que ainda na próxima semana o nome será definido.

    Populares e autoridades prestigiaram mais uma vez a solenidade que celebra a Batalha do Jenipapo, ocorrida no dia 13 de março de 1823, e que é considera um dos mais importantes episódios da história do País, sendo essencial para a completa independência do Brasil do domínio de Portugal.

    jenipapo

    Como de costume, o evento solene foi realizado no monumento aos Heróis do Jenipapo, no município de Campo Maior, a 84 quilômetros de Teresina.

    O governador Wellington Dias (PT) participou das comemorações, que contou com varias atividades, culminando com a entrega da maior comenda do Estado – a Medalha da Ordem do Mérito Renascença do Piauí – a mais de 30 personalidades que se destacaram em diversas áreas.

    jenipapo

    Para o governador, o 13 de Março é uma data para orgulhar o povo piauiense, porque é emblemática e favorece a autoestima de uma gente que não teme os desafios. “Imagino quanto receio e quantas dúvidas tiveram aqueles piauienses, lá atrás, que se perguntavam se era possível vencer. Às margens do rio Jenipapo, com foices, facões, bate-buchas, eles garantiram um passo importante para que o Brasil fosse uma nação soberana do tamanho grandioso que é hoje. Isso nos motiva a continuar e comemorar esse 13 de Março com todos os piauienses”, declarou Wellington Dias.

    Um dos destaques do evento foi a apresentação teatral “Às Margens do Jenipapo”, promovido pela Fundação Cultural do Piauí (Fundac). Dirigido por Arimatan Martins, o espetáculo é assinado pelo escritor e dramaturgo piauiense Ací Campelo. A peça contou com um elenco de 48 atores e 43 figurantes, entre os quais soldados da Polícia Militar do Piauí.

    jenipapo

    A apresentação emocionou a plateia, por sua fidelidade aos registros históricos. Esses registram assinalam que a resistência portuguesa, mesmo com a declaração de Independência do Brasil por Dom Pedro I, ainda dominava, depois de 7 de setembro de 1822, algumas províncias, a exemplo de parte das atuais regiões Nordeste e Norte. Mas foi no dia 13 de março de 1823, às margens do Riacho Jenipapo, em Campo Maior, que os piauienses lutaram na batalha que é hoje considerada fundamental no processo de independência e consolidação do território brasileiro.

    O professor Augusto Pereira, de Campo Maior, relata que no confronto, os caboclos, pais de família, vaqueiros e trabalhadores em geral, incentivados por suas mulheres e párocos da região, pegaram seus instrumentos de trabalho para enfrentar as tropas armadas do major João José da Cunha Fidié, da Coroa Portuguesa. “Foi um ato de coragem, de bravura, de ousadia do povo”, frisa. Esse registro, segundo ele, marca a participação decisiva do povo piauiense, ajudado por maranhenses e cearenses, na Independência do Brasil.

    paulo

    dias

    Fonte: Da Redação / CCom

1 de 1512345...10...»