Correios retomam transporte aéreo de correspondências e cargas imprimir publicado em: 03 / 07 / 2012

correiosA Diretoria Regional dos Correios no Piauí anunciou a retomada da operação Rede Postal Noturna (RPN) para o Piauí. Com isso, cargas urgentes – como o Sedex e o Malote – voltam a ser transportadas entre o Piauí e outros estados integralmente via aérea, através de uma aeronave cargueira , contratada pelos Correios, tendo Teresina com um dos pontos de sua rota.

O retorno da operação permite que os Correios retomem aos padrões de regularidade e eficiência nos prazos de entrega da carga postal. “A volta da operação RPN é muito importante para os Correios, porque com isso a Diretoria Regional do Piauí está preparada para regularizar os prazos padrões definidos pela empresa e acordado com os clientes”, explica a diretoria regional dos Correios no Piauí, Joana D’arc da Silva Nery.

Desde março deste ano, quando o contrato com a empresa responsável pela RPN foi rescindido por falta de comprimento da contratada, os Correios trabalham com um plano de contingência para o Piauí e o Maranhão, realizando o transporte postal via companhias aéreas comerciais e rodoviário por Fortaleza (CE) ou Feira de Santana (BA).

A volta do processo de transporte aéreo ocorreu nesta segunda-feira (02/07), fechando o ciclo da linha que envolve o Piauí na manhã de hoje (03/07). A aeronave parte de São Luís (MA) no início da noite, passa por Teresina, onde recolhe a carga enviada para fora do Estado, e segue para São Paulo e Belo Horizonte (MG). Na manhã seguinte, retorna por volta das 9h, trazendo a carga de outros estados destinada ao Piauí.

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas