Corso 2016: Apenas cerca de 30 caminhões estão inscritos até agora imprimir publicado em: 20 / 01 / 2016

corso de TeresinaO Corso do Zé Pereira de 2016  terá menos caminhões do que os teresinenses se habituaram a ver. O evento que foi recordista mundial como maior desfile de carros enfeitados do mundo, segundo informações apuradas até agora conta com algo em torno de 30 caminhões inscritos.

A redução se deve a uma série de fatores. O primeiro deles já atormenta os brasileiros desde o ano passado: a crise econômica fez muitos foliões optarem por seguir andando pela avenida, em vez de pagar preços mais altos para desfilar nos carros.

O aluguel dos caminhões também está mais caro, assim como preços de decoração e banheiros químicos.

Entretanto, segundo Lázaro do Piauí, presidente da Fundação Monsenhor Chaves, o teresinense deixa a inscrição para a última hora. “Nessas últimas semanas é que o pessoal se inscreve mais. Esperamos mais de dez caminhões se inscrevendo por dia. Em anos passados, chegava a 40 por dia”, conta.

Mudanças na festa
Enquanto o número de caminhões cai, o de barraquinhas aumenta. Até agora, são mais de 700 barracas inscritas para vender bebidas e comida durante o percurso. “O que estamos vendo é uma mudança de perfil”, comentou Lázaro. “As pessoas estão deixando de ir apenas para curtir a festa e vão para ganhar dinheiro”.

O Corso do Zé Pereira conquistou o recorde mundial como o maior desfile de carros enfeitados do mundo. O Guinness Book registrou 343 caminhões, devidamente enfeitados e que completaram todo o percurso.

Nos anos seguintes, o número de caminhões inscritos aumentou, mas o recorde não foi batido, por que muitos sequer entravam na avenida. Em 2013, 896 caminhões se inscreveram, e o número caiu pela metade, 415, no ano seguinte.

Trajeto

O trajeto dos caminhões que estarão no desfile foi definido. Às 15 horas iniciará a concentração dos caminhões. O local definido para a concentração é a partir do cruzamento das Avenidas Duque de Caxias e Marechal Castelo Branco.

trajeto

Os caminhões devem se posicionar no lado da via que fica oposta a margem do rio Poty. O deslocamento sairá na contra mão da Avenida Duque de Caxias, em direção a Avenida Petrônio Portela, para entrar na ponte da Primavera e chegar a Avenida Raul Lopes. A dispersão dos caminhões será na Potycabana.

portalodia.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas