Criança é mantida refém por padrasto durante 3 horas em Dom Expedito Lopes imprimir publicado em: 01 / 10 / 2017

faca

Segundo a PM, padrasto usou uma faca para ameaçar a criança (Foto: Divulgação/PM)

Uma criança de 10 anos passou por momentos de pânico na noite de sábado (30) em Dom Expedito Lopes, localizado a 281 Km ao Sul de Teresina, ao ser feita refém pelo padrasto. Segundo a polícia, José Jasiano de Sousa,30 anos, manteve uma faca no pescoço da criança ameaçando matá-la por cerca de três horas. O suspeito só liberou a vítima depois de negociação com a PM e a Polícia Rodoviária Federal.

Conforme o comandante de Picos, tenente-coronel Edwaldo Viana, a criança foi socorrida por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminhada para o hospital, onde recebeu cuidados médicos por ter sofrido cortes na orelha e no pescoço. O corte no pescoço precisou ser ponteado sete vezes.

“A Companhia de Picos recebeu pedido de reforço da cidade de Dom Expedido Lopes informando que um senhor mantinha uma criança como refém e afirmava que iria matá-la. Imediatamente, uma equipe da Força Tática se deslocou para local. Quando chegamos já tinha homens da PM e PRF tentando negociar a liberação da vítima”, contou.

Ainda segundo o comandante, o suspeito só liberou a vítima depois de horas de negociação. “A casa foi cercada por policiais. E quando ele resolveu tirar a faca do pescoço da criança e jogar no chão, o local foi invadido por policiais que estavam na parte dos fundos e na frente da casa. O homem foi dominado e encaminhado para a delegacia da cidade. O suspeito tem passagem pela polícia por roubo e tentativa de homicídio “,afirmou.

A polícia não informou o sexo da criança e nem os motivos que levaram o padrasto a cometer tal crime.

Portaldaclube


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas