Crimes de eleitores na internet lideram ranking de denúncias imprimir publicado em: 19 / 08 / 2014

sebastiao

Sebastião Firmino diz que Justiça Eleitoral está de olho na web

O juiz da propaganda eleitoral Sebastião Firmino informou que irregularidades na propaganda eleitoral realizada por meio da internet lideram o ranking das denúncias que chegam até o TRE – Tribunal Regional Eleitoral do Piauí.

De acordo com o juiz, essas denúncias se referem na maioria a ofensas e acusações contra adversários políticos. “Na internet tem muito candidato se sentido livre para atacar o adversário, mas lembramos que a Justiça Eleitoral tem os meios de punir quem utilizar as redes sociais, em especial o Facebook, para atacar, difamar e ridicularizar. Essa é a primeira eleição que a internet é utilizada de forma efetiva pelos candidatos e a Justiça está preparada para fiscalizar. Nós ainda não temos um levantamento em números, mas os crimes na internet lideram as denúncias”, comentou.

Sebastião Firmino afirma que as denúncias contra institutos de pesquisas que estariam realizando pesquisas tendenciosas também são muitas. “Existem casos de institutos que já estão fazendo pesquisas para saber em que o eleitor vai votar no segundo turno. Apresenta o nome dos candidatos que vão estar no segundo turno. Mas como eles sabem disso se ainda nem ocorreu o primeiro? Esta é uma pesquisa tendenciosa”, explicou.

Para punir este tipo de crime são aplicadas multas que vão de R$ 5 mil a R$ 30 mil, e é pedida a retirada da propaganda irregular. “No primeiro momento esse candidato será multado até a retirada da propaganda irregular. Mas podem ocorrer casos em que ele possa, se eleito, responder por este crime. Nós esperamos que tudo transcorra bem e que os partidos cumpram a legislação eleitoral”, disse.

portalodia.com

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas