Cuca projeta viagem à Europa e diz que Jesus será top 10 do mundo imprimir publicado em: 22 / 11 / 2016

cucaMuito perto conduzir o Palmeiras ao título brasileiro, Cuca tem despertado a atenção da mídia internacional. Em entrevista ao jornal italiano Gazzetta Dello Sport, o técnico palmeirense falou da iminente conquista com o Alviverde e disse que pretende fazer no ano que vem uma viagem para a Europa com objetivo de aprender novos conceitos com os treinadores do continente, principalmente os italianos, como Maurizio Sarri, do Napoli.

– É um dos meus projetos de 2017. Quero fazer uma viagem à Europa para aprender com os maiores treinadores. Eu queria fazer isso após minha passagem pela China, mas eu não tive tempo. Acompanho Sarri, que fez um grande trabalho com o Empoli e, em seguida, com o Napoli. Eu gostaria de observar de perto o trabalho dos treinadores italianos – disse Cuca.

Cuca tem contrato com o Palmeiras até dezembro e só vai decidir o seu futuro no clube após o término do Campeonato Brasileiro – Mauricio Galiotte inicia seu mandato como presidente do Verdão no dia 15 de dezembro. Em setembro, o treinador chegou a afirmar também que pretendia voltar a trabalhar na China no ano que vem.

Ao jornal italiano, o comandante do Verdão também encheu a bola de Gabriel Jesus, aguardado ansiosamente pelo futebol europeu. Para ele, o jovem atacante, que defenderá o inglês Manchester City a partir de janeiro, ainda vai evoluir muito e será um dos dez melhores jogadores do mundo.

– Ele pode não estar maduro para a Inglaterra, mas é o titular da Seleção e será muito importante e titular no City. Você não pode pensar que aos 19 anos ele está no auge. Ainda vai melhorar 30 ou 40%. O campo e a experiência vão lhe dar mais maturidade. Ele fará isso, não Cuca ou Guardiola. Na Inglaterra, o futebol é mais tático e ele vai aprender muitas coisas, estabelecendo-se entre os dez melhores do mundo. Ele é um jovem com grande técnica, força e velocidade. E ele tem uma característica: ele gosta muito do confronto físico e se apropria disso com inteligência.

Cuca comentou sobre a versatilidade tática que ajudou bastante o Verdão neste Brasileirão. Segundo ele, ter jogadores que desempenham vários papéis foi fundamental para o sucesso do time.

– Você tem que saber como ajudar a equipe com mais soluções. É por isso que eu gosto de construir o elenco no início do ano, tendo jogadores que possam desempenhar múltiplos papéis. Eu estou tentando obter o máximo proveito de todos os jogadores.

globoesporte.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas