Daniel Oliveira sofre pressão para desistir da pré-candidatura à PMT imprimir publicado em: 20 / 01 / 2016

Daniel OliveiraO PT tem buscado um consenso sobre a eleição municipal em Teresina. A direção da sigla tem buscado evitar a disputa interna entre o secretário de Justiça, Daniel Oliveira, e a vereadora, Rozário Bezerra, que disputam a vaga de candidato.

Com a parlamentar possuindo a preferência da direção da sigla, começa a aumentar a pressão para que o secretário desista da disputa. O secretário tem sido aconselhado a evitar uma divisão no partido como ocorreu em 2012, quando na época o então senador Wellington Dias (PT) concorreu à PMT com a sigla rachada e não conseguiu chegar nem ao segundo turno.

Conta como ponto positivo para Rosário Bezerra o fato dela ter apoio da presidente da sigla, senadora Regina Sousa, além da experiência e da maior popularidade entre o eleitor em relação a Daniel Oliveira. O nome do secretário vem sendo rejeitado pelos petistas que consideram que ele não tem expressão política na capital.

DECISÃO DA DIREÇÃO
Daniel começa a demonstrar desinteresse pela vaga e diz que a decisão será da direção do partido. “Meu foco agora é seguir fazendo o trabalho que desenvolvo na secretaria de Justiça. Sobre o candidato do PT a decisão cabe a direção. Não tenho isso como uma meta para esse ano”, declarou.

A candidatura de Daniel Oliveira tem encontrado apoio entre os vereadores Dudu e Gilberto Paixão, mas não tem empolgado demais nomes da sigla. “O Daniel é sangue novo e não tem rejeição como os políticos tradicionais. Acredito ser a melhor aposta para o PT”, diz vereador Dudu.

A desistência de Daniel Oliveira já é dada como questão de tempo pela direção do PT.

O Olho


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas