Delegada diz que mulher esfaqueada em Teresina era vítima de extorsão imprimir publicado em: 11 / 03 / 2018

crimeApós ser esfaqueada nesta sexta-feira (9) a entregadora de panfletos Maria de Nazaré Pereira, 40 anos, está em estado estável de acordo com informações do Hospital de Urgência de Teresina (HUT) deste sábado (10). A mulher foi atingida pelo ex-companheiro, Raimundo Alves da Silva, 28 anos, que está preso. Ela ainda será avaliada para saber se ficará com alguma restrição de mobilidade por causa dos golpes de faca.

Segundo o HUT a mulher passou por cirurgia, ainda na sexta-feira e neste sábado estava em estado estável. Maria de Nazaré Pereira, está consciente e orientada, mas continua internada na unidade de saúde. Apenas com a evolução da internação será possível saber se haverá alguma sequela por causa das facadas. Segundo a polícia, foram 10 perfurações nas mãos, cabeça, costas e na região da axila.

A delegada Lucivânia Vidal informou que ouviu testemunhas e o autor das facadas. Ela explicou que já tem a motivação da tentativa de homicídio. “O motivo foi ciúmes. A testemunha que eu ouvi, amiga dela, disse que ele extorquia a Maria de Nazaré, embora ela já tivesse terminado o relacionamento”, relatou a delegada.

Em depoimento, Raimundo Alves da Silva recorreu ao silêncio e não falou a respeito das motivações do crime. “Não consegui conversar com ela porque ela estava no Centro Cirúrgico. O flagrante foi feito e o processo vai para a audiência de custódia. Ouvi as testemunhas e ele preferiu exercer o direito de ficar em silêncio”, relatou a delegada Lucivânia Vidal.

Uma das testemunhas do crime contou que o ex-companheiro da entregadora de panfletos observou a mulher antes de esfaqueá-la. “O rapaz, guarda carros que estava no local e foi um dos primeiros a impedir que mais facadas fossem desferidas, falou que ele observou o comportamento da Maria de Nazaré”, contou Lucivânia Vidal acrescentando que o Raimundo Alves da Silva já havia tentado matar Maria de Nazaré durante uma visita enquanto ele cumpria pena por homicídio.

Portaldaclube

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas