Derrota evidencia carência, e 4 de Julho quer aumentar estatura imprimir publicado em: 03 / 02 / 2017

Luis

Luís Miguel, técnico do 4 de Julho

A derrota do 4 de Julho na estreia do Campeonato Piauiense para o Flamengo-PI ratificou carências percebidas pelo técnico Luís Miguel ainda na pré-temporada. O Colorado precisa se reforçar e aumentar a média de altura do elenco – segundo o treinador em torno de 1,70m. Uma reunião feita entre o comandante português e a diretoria do clube, nesta sexta, em Piripiri, delimitou as prioridades. O Gavião busca um lateral-esquerdo, um volante e um meia.

– Queremos aumentar essa estatura do time, então, precisamos de um reforço físico. Tem muitos jogadores abaixo dessa média e, com bola parada, fica difícil ganhar jogada. Contra o Flamengo-PI o time sentiu isso. Tivemos problemas nesse sentido, pois a zaga e os volantes do time adversário ganhavam no jogo aéreo. Notamos este problema e estamos indo atrás dessas peças – revelou Luís Miguel.

Das três solicitações feitas pelo técnico, apenas uma está bem encaminhada. De acordo com o treinador, o lateral-esquerdo Toninho, ex-Jacobina, acertou valores salariais com a direção do clube e deve ser anunciado em breve. Três meias atendem às exigências do 4 de Julho, mas ainda estão em negociação. O ideal para a comissão técnica é que os jogadores sejam apresentados até segunda, em Piripiri.

Apesar da desenvoltura do time que agradou ao treinador no segundo tempo da partida de estreia, o 4 de Julho não conseguiu evitar o tropeço por 1 a 0 para o Leão. O trabalho de recuperação dos pontos perdidos dentro da Arena Ytacoatiara tem, na sequência, os duelos diante do Parnahyba (fora de casa), Altos (casa), River-PI (fora) e Picos (fora) antes da folga na 6ª rodada.

 

Jogo

globoesporte.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

,

PUBLICIDADE

    Esporte

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas