Dias garante pagar 13º salário, após realocar verba de investimentos no PI imprimir publicado em: 06 / 10 / 2016

DiasO governador Wellington Dias (PT) garantiu nesta quinta-feira (6) que o Estado fará o pagamento do 13º salário de todos os servidores estaduais. Wellington admitiu que não será uma tarefa fácil, mas o Governo vem se preparando para cumprir todos os compromissos. Ontem, durante entrevista após reunião em Brasília, o governador revelou que irá realocar R$ 270 milhões de recursos destinados para investimentos para a folha de pagamento.

“Não há essa possibilidade de não pagarmos o 13º salário dos servidores. Vai ser duro, mas iremos conseguir”, ressaltou o governador.

A possibilidade de atraso no pagamento está sendo levantada em razão das informações repassadas pelo governador de que a crise econômica, que afetou o Estado, já fez com que fossem retirados R$240 milhões em investimento para o pagamento da folha.

Contudo, o governador negou que a dificuldade financeira do site possa inviabilizar o pagamento.

Nesta quinta-feira (06), Wellington participou da solenidade de assinatura do Memorando de Entendimento com Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) no Brasil. A ação de nível global, que acontece em várias partes do mundo, age como uma forma de combater as pobrezas e desigualdades sociais com foco ao desenvolvimento sustentável.

Reunião com Temer
Após reunião com o presidente da República, Michel Temer (PMDB), e os governadores dos estados do Norte, Nordeste e alguns do Centro-Oeste, em Brasília, Wellington Dias comentou que conseguiu passos importantes na negociação de liberação de uma compensação financeira para esses estados.

“Conseguimos um compromisso forte no Congresso e até a solidariedade de outras regiões do país, e acredito que até a próxima terça-feira vamos conseguir a aprovação do projeto de alongamento das dívidas. Além disso, conseguimos uma boa interpretação para que haja repasse de recursos da repatriação para os municípios, que é um compromisso maior da justiça para o estado e devemos conseguir a liberação da lei Candi já em novembro. Esperamos também a assinatura de um contrato de socorro emergencial para esses estados”, ressaltou.

Matopiba
Mesmo após o anúncio da extinção do Departamento de Desenvolvimento Agropecuário da Região do Matopiba a partir de 19 de outubro, o governador declarou que vai seguir com investimentos para essa região. A denominação Matopiba foi criada para definir a fronteira agrícola que compreende o bioma Cerrados nos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, correspondendo por grande parte da produção brasileira de grãos e fibras.

“Vamos seguir trabalhando para as pessoas que vivem ali, com construção de estradas, disponibilização de energia, abastecimento de água, segurança, saúde, tudo que é essencial nessa região. Sempre planejando a partir do que se produz ali, com desenvolvimento sustentável, agregando valor em beneficio da geração de renda dessa parcela da população do Piauí”, destacou o chefe do executivo estadual.

Ciro Nogueira
Mais uma vez o governador afirmou que está buscando diálogo com as lideranças dos partidos da base aliada, depois que alguns demonstraram descontentamento com ações do PT no período eleitoral.

Wellington Dias disse que já conversou com o senador Ciro Nogueira, um dos que afirmaram que as relações com o governo estão “arranhadas”, após confrontos entre partidos aliados em municípios e favorecimento do governo a alguns candidatos. “Estivemos juntos em Brasília e vamos seguir dialogando sobre temas do Piauí e da política e que são importantes para a população e para o governo regional e do Brasil”.

A problemática já gerou, inclusive, a iniciativa de pedido de CPI da oposição na Assembleia para investigar o uso da máquina pública nas eleições. Sobre a CPI, ele reiterou que acha que a lei foi cumprida e que não há o que temer. “Acho que, a rigor, cumprimos a Lei em tudo aquilo que trabalhamos e que com certeza, o que prevalece é a legislação. E nós cumprimos.

Já vivi outra eleições e sempre trabalhei com o cumprimento da lei, fizemos tudo respeitando o código de conduta e ética. Agora, com certeza foi uma eleição que terminou, só que ficam ações judiciais e a justiça eleitoral é quem vai se encarregar disso. Da minha parte com os lideres e com o senador Ciro, vamos continuar dialogando pelo entendimento, o que é próprio da política, para que a gente possa acertar mais”,  disse o governador.

Cidadeverde.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Uniao - Julho

últimas