Dono de lava-jato é morto a tiros e um suspeito é preso na Zona Sul imprimir publicado em: 19 / 09 / 2018

lava-jatoO dono de lava-jato identificado como Lucas Sousa, 23 anos, foi morto a tiros na noite desta quarta-feira (19) no bairro Promorar, Zona Sul de Teresina. De acordo com a Polícia Militar, um suspeito foi preso a cerca de dois quilômetros do local do crime e a suspeita que o crime premeditado.

“O carro utilizado na prática do crime foi apreendido e nele encontramos um carregador de pistola municiado. Os irmãos da vítima revelaram que na semana passada um dos suspeitos foi até o lava-jato e ameaçou a vítima”, informou o capitão Paulo Silas, comandante da Companhia do Promorar.

Segundo o sargento Clemilson Vieira, do 6º Batalhão da PM, os policiais foram informados via rádio que os suspeitos tinham praticado um homicídio e durante ronda encontraram com o carro deles, mas ao avistar a viatura eles fugiram na contramão. A Polícia conseguiu abordar o veículo na altura da BR-316 e o motorista foi preso, enquanto os outros dois fugiram.

“O condutor não conseguiu abrir a porta do carro e foi preso. Ele alega que deu carona para a dupla e não sabia do que se tratava, mas diante das provas colhidas não duvidamos da sua participação. Cartuchos usados, uma pistola de uso registro e carregadores de armas encontrados dentro do veículo”, informou o policial.

O local foi isolado pela PM, enquanto a equipe do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) e da Perícia Criminal realizavam os procedimentos legais. Em seguida, o corpo foi recolhido e levado para o Instituto Médico Legal (IML).

Os três suspeitos foram conduzidos para a Central de Flagrantes. O caso será investigado pelo DHPP.

Portaldaclube

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas