Dr. Pessoa retira apoio a Júlio César, mas permanece no PSD imprimir publicado em: 16 / 02 / 2018

psdO deputado Dr. Pessoa anunciou nesta quinta-feira (15), durante reunião com a bancada estadual do PSD, que não apoia mais a candidatura do deputado Júlio César ao Senado Federal. O parlamentar havia dado um prazo ao partido para que fosse definida a participação do PSD na chapa do governador Wellington Dias (PT).

No encontro, Dr. Pessoa afirmou que, mesmo continuando filiado ao partido da base de Wellington Dias, não possui mais a obrigação de marchar em prol da reeleição do chefe do executivo e da eleição do deputado federal. “Eu disse que, de hoje em diante, eu não tenho mais esse compromisso, que eu tinha com o governador e o deputado Júlio César”, declarou.

Contudo, o dirigente estadual do PSD, Júlio César, e os deputados Edson Ferreira, Georgiano Neto e Antônio Félix entraram em acordo com Dr. Pessoa para voltarem a discutir o assunto em outra oportunidade. “Não colocamos um ponto final na história. Não é definitivo”, disse Dr. Pessoa, que reclama não ter o apoio da sigla para os seus planos políticos.

Para Júlio César, uma das causas para a indefinição com relação à vaga de candidato ao Senado na chapa de Dias é a própria discordância no grupo do partido. “Não é uma posição radical, mas é natural. Ele está procurando o seu espaço, a sua sobrevivência, a sua candidatura. Nenhum ressentimento”, disse.

O deputado federal afirmou também que o governador ainda está com dificuldades para definir de quem será a outra vaga, já que uma é do senador Ciro Nogueira (PP).

“Só temos problemas com o Dr. Pessoa”, diz Georgiano

As reclamações do deputado Dr. Pessoa com relação à direção do PSD têm causado conflitos internos entre a bancada estadual desde as eleições de 2016, quando o deputado ficou em segundo lugar na disputa pela Prefeitura de Teresina. Dr. Pessoa afirmou, na ocasião, que não recebeu o apoio devido do partido durante a campanha e vem reiterando a declaração desde que anunciou a vontade de se candidatar ao Governo do Estado.

As acusações do deputado foram rebatidas por Georgiano Neto. O deputado afirmou que a direção do partido tem a conduta de conversar com as lideranças tanto a nível municipal como estadual e de manter uma relação pacífica com a bancada de deputados.

“Só temos tido problemas com ele [Dr. Pessoa]. É bom reafirmar o empenho do deputado Júlio César com o partido, com trabalho aberto, sempre dialogar com as lideranças, mas a gente tem acompanhado essa situação com o Dr. Pessoa e esperamos que se resolva porque ele é um filiado importante”, pontuou Georgiano.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas