Duas Teresina: para poucos o céu, para a maioria o inferno imprimir publicado em: 20 / 08 / 2017

Para uns poucos privilegiados, o céu. Para a maioria, o inferno. Na área nobre de Teresina, ruas e avenidas com asfalto novinho, recém pintado, coisa de primeiro mundo. Nos bairros não tão nobres, mas que concentram grande parte da população, o abandono.

Adminstração para amigos de Firmino Filho

Contraste: avenida ganha calçada X buraco e lama na periferia

A Prefeitura de Teresina, há três décadas, vem administrando com dois pesos e duas medidas, inclusive gastando o dinheiro do contribuinte com obras privadas, como a construção de calçadas de comerciantes da Avenida Nossa Senhora de Fátima. Os olhos do Palácio da Cidade só enxergam aquela região, de edifícios imponentes, onde moram muitos auxiliares [e amigos] do prefeito Firmino Filho.

Enquanto coloca asfalto novo sobre asfalto [ainda em bom estado] em várias ruas e avenidas da zona Leste, o prefeito entregou à própria sorte bairros que abrigam milhares de pessoas, como o Morada Nova, na zona Sul da cidade, uma grande “república”, com mais de 3 mil pessoas, a maioria estudantes vindos do interior para estudar na capital.

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação anunciou, esta semana, a conclusão da pavimentação 5 mil metros de ruas e avenidas da zona Leste, onde foram investidos mais de R$ 3,5 milhões. No morada Nova, nem um centavo, nem uma pá de cal.

Entre as vias recapeadas na área “vip” de Teresina, onde foram construídos condomínios de luxo e mansões, estão as avenidas Homero Castelo Branco, Jóquei Clube, Ininga e Visconde da Parnaíba. Já as ruas asfaltadas foram a Eletricista Guilherme, Miosótis, das Orquídeas, Antônio de Castro Franco, Aviador Irapuã Rocha, Cinegrafista Marques, João Emílio Falcão, Cel. Costa Araújo, Tabelião José Basílio, Tomás Tajra, Teresinha Farias, Ângelo Filho e Hugo Napoleão.

A Semduh informa que as obras vão continuar durante todo o segundo semestre na zona Leste. Em seguida, o asfalto vai para a zona Norte. E depois volta para a zona Leste outra vez. Daqui a três anos tem eleição de novo. E Firmino vai novamente prometer o que não cumpre a quatro eleições. As zonas “invisíveis” da capital se quiser que esperem.

morada nova

Buraco e lama na frente da sede da Associação de Moradores do bairro Morada Nova


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas