Eduardo Paes culpa Comitê Rio-2016 por problemas em Vila imprimir publicado em: 27 / 07 / 2016

Eduardo PesO prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, culpou o Comitê Organizador da Rio-2016 pelos problemas constatados na Vila Olímpica. Segundo Paes, a obra do condomínio que abrigará cerca de 11 mil atletas que participarão dos Jogos de 2016 ficou pronta há cerca de três meses. Para o prefeito, faltou acompanhamento e fiscalização para evitar os transtornos ocorridos.

“O que houve ali foi uma falha de acompanhamento, de gestão do Comitê Rio-2016”, disse Paes, durante entrevista coletiva que marcou a inauguração do RCM (Rio Media Center), nesta quarta-feira (27). “Isso serve de alerta para que o problema não se repita.”

Paes disse na entrevista que as falhas na Vila estão quase todas resolvidas. Ele, aliás, concedeu a entrevista pouco antes de se dirigir ao condomínio para receber novamente a delegação olímpica da Austrália, que abandonou o espaço por problemas nas ligações elétricas, de gás, de água e esgoto dos apartamentos. A chefe da delegação, Kitty Chiller, considerou os imóveis “inabitáveis”.

A Vila Olímpica foi inaugurada no domingo. O condomínio foi construído pela Odebrecht e a Carvalho Hosken. Custou cerca de R$ 2,9 bilhões. O empreendimento foi financiado pela Caixa Econômica Federal e também contou com aporte de recursos municipais em áreas comuns.

Na entrevista, Paes também foi questionado sobre o resultado de uma pesquisa de opinião divulgada nesta quarta-feira e que apontou que a maioria dos brasileiros acredita que os Jogos Olímpicos trará mais prejuízos que benefícios. Na resposta, o prefeito disse que brasileiros de fora do Rio não conhecem as transformações pelas quais a cidade passou nos últimos anos. Por isso, não aprovam o evento.

O prefeito ainda usou um tom irônico para provocar São Paulo, cujas obras de mobilidade para dois aeroportos estão anos atrasadas. “Aqui, as obras não pararam. As pessoas saem do aeroporto e veem grandes obras concluídas. Não tem improviso”, disse Paes, em alusão aos atrasos da obra da ligação de trem entre a cidade de São Paulo e o aeroporto internacional de Guarulhos.

Aviso aos pessimistas

Paes disse que a Olimpíada do Rio já é um sucesso por tudo que promoveu no Rio de Janeiro. Afirmou que, faltando exatos nove dias para o início dos Jogos, chegou a hora da celebração. O prefeito, contudo, reconheceu que essa celebração pode ter seus problemas. “Aqueles que ficarem procurando algo errado vão encontrar”, disse ele.

O prefeito afirmou que o Rio de Janeiro não é uma cidade perfeita. Está, porém, muito melhor do que há sete anos, quando ela foi escolhida para sediar os Jogos de 2016.

uol.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas