Em debate, Mão Santa e Zé Filho atacam W. Dias, que sobe o tom imprimir publicado em: 27 / 08 / 2014

diasO candidato do PT ao governo do Estado, Wellington Dias, foi o principal alvo de ataques dos candidatos Zé Filho (PMDB) e Mão Santa (PSC) durante o debate promovido pela TV Cidade Verde na noite desta terça-feira (26). Entre os seis adversários, ele foi questionado por quatro concorrentes em um único bloco. Lourdes Melo (PCO) e Neto Sambaíba (PPL) também voltaram suas perguntas para o senador petista.

O primeiro questionamento do candidato à reeleição Zé Filho foi sobre o efetivo da Polícia Militar. Wellington Dias respondeu que quando assumiu seu primeiro governo existiam 6.400 policiais militares e que a mesma quantidade foi deixado, devido ao programa de reposição de policiais que foram aposentados e sendo repostos com os novos policiais concursados.

Zé Filho usou o termo “mentiroso” para afirmar que Wellington Dias não convocou nem 1.000 policiais durante o seu governo e lembrou o decreto que tirou o efetivo de policiais que fazia segurança em órgãos públicos e os convocou para ações na rua.

zeDias rebateu dizendo que o chamamento dos concursos realizados pelo atual governo não estão repondo o efetivo que sai para a aposentadoria. Wellington Dias questionou ainda a segurança em Teresina, que segundo sua avaliação, está um desastre. “Passamos de 117 assassinatos quando deixei o governo para 287 segundo os últimos números divulgados pela polícia. Pretendo, ao assumir o governo, pedir ajuda a Força Nacional em uma ação emergencial”.

Wellington Dias devolveu a pergunta a Zé Filho o questionando sobre a lagarta elicoverpa. O candidato considerou a pergunta uma pegadinha e disse que tinha a humildade de assumir que não sabe de todos os problemas do governo. “Não tenho vergonha de dizer isso. Eu falo a verdade, é essa nossa diferença”. Em resposta W. Dias disse que a lagarta é a responsável pelas perdas das culturas do milho, algodão e soja e atingiu vários municípios do Piauí.

“Eu não preciso me preocupar com lagarta. Lagarta perigosa é quem põe fogo na Secretaria de Saúde”, rebateu Zé Filho e aproveitou para questionar o senador sobre o rompimento da Barragem de Algodões. “Me diga como o senhor consegue dormir sendo o responsável pela morte daquelas pessoas?”. Esse foi um dos momentos mais tensos do debate.

Wellington subiu o tom e disse que era uma irresponsabilidade afirmar que seu governo foi negligente com Algodões. “Eu como governador não planejaria uma ação ou me omitiria para tirar a vida de ninguém”.

O candidato Mão Santa também direcionou perguntas ao senador petista e afirmou que o seu governo representou 12 anos de atraso ao Estado. “Eu sou oposição aos 12 anos de mesmice. São 12 anos mentindo e de muita corrupção”.

Wellington Dias, aparentemente irritado, respondeu que todas suas contas foram julgadas e aprovadas e que não responde a nenhum processo por corrupção. “Diferente de quem me ataca que foi julgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), condenado e afastado do cargo”.

debate

Cidadeverde.com

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas