Em greve, bancários do Piauí aproveitam para doar sangue imprimir publicado em: 28 / 09 / 2016

bancariosEm plena greve, que já dura 23 dias, os bancários mostraram solidariedade e ato de cidadania ao comparecer, nesta quarta-feira (28), ao Centro de Hematologia e Hemoterapia do Piauí (Hemopi) para doar sangue na campanha do Sindicato dos Bancários do Piauí.

O delegado sindical da Caixa Econômica Federal da cidade de Barras, Jackson Iratan, disse que veio da cidade somente para doar sangue. “Não existe forma melhor de mostrar solidariedade e, ao mesmo tempo, descontentamento quanto aos banqueiros”, frisa, comentando que esta foi a primeira vez que doou sangue.

O bancário falou que já tinha vontade de fazer isso e ao tomar conhecimento da campanha pelas redes sociais, decidiu por fazer esse ato. “Já que o banco não faz sua parte social, nós podemos fazer através da doação de sangue e ajudar a quem precisa”, reforça, mencionando que se sente bem com tal atitude.

Segundo Hortênsia Rocha, supervisora de coleta externa do Hemopi, a campanha teve boa repercussão.  Ela conta que este tipo de campanha estimula e incentiva outras instituições a seguir o mesmo exemplo do SEEBF-PI.

“Estamos confiantes que podemos ter novos doadores fidelizados e isso vai ajudar o banco de sangue do Hemopi a ter estoque constante. Sabemos que é uma contribuição de forma concreta e importante para o Hemopi”, considera Hortênsia.

O bancário Gesiel Alves de Sousa Filho, do Santander, frisa que as pessoas têm a mentalidade que nunca vão precisar de sangue, “mas é sempre bom a população se conscientizar e procurar o Hemopi para fazer a doação, pois ninguém sabe o dia de amanhã”, observa.

As diretoras do SEEBF-PI, Francisca de Assis e Hortência Bezerra, fizeram sua parte e aproveitaram para doar sangue. “Temos ciência da nossa responsabilidade de cidadão de colaborar para ajudar as pessoas que possam a vir precisar de sangue e esta campanha tem a missão de despertar no bancário o lado humano de ajudar o próximo”, ressalta Francisca de Assis.

Hortência Bezerra afirma que a intenção do SEEBF-PI é dar continuidade à campanha e fazer essa mobilização periodicamente. “Dessa forma, vamos dar exemplo para que outros sindicatos façam o mesmo”, conclui.

doação

Logo mais, às 15h, o Comando Nacional da Greve dos bancários se reúne com a Federação Nacional dos Bancos. Uma nova proposta dos banqueiros deve ser apresentada. A categoria pede aumento real de 5% mais reposição da inflação [10%], reforço na segurança, mais contratações, dentre outros pontos.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas