Em protesto, oposição não comparece à abertura do ano legislativo imprimir publicado em: 05 / 02 / 2018

DiasA abertura do ano legislativo na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), que aconteceu nesta segunda (05), se dá em meio a impasses com a oposição, que decidiu não comparecer ao Plenário em protesto às promessas não cumpridas pelo Governo do Estado ao longo do ano passado. Dos 30 deputados que compõem a Casa, apenas 18 estão presentes para a solenidade.

Os deputados aguardam a chegada do governador Wellington Dias (PT), que apresentará sua Mensagem Anual aos parlamentares. Na mensagem, o chefe do Executivo Estadual prestará contas da sua atual gestão, falará sobre os avanços do trabalho da Parcerias Público-Privadas (PPPs) e tratará ainda da evolução da arrecadação própria do Estado, além de outras ações do Governo.

O deputado Robert Rios (PDT) explicou que o protesto se dá principalmente em razão do teor da Mensagem Anual do governador. Segundo o parlamentar, a carta contém novas mentiras para desviar a atenção do povo para as medidas não cumpridas pelo Executivo em 2017.

“A oposição só vai assistir à mensagem se ela mudar para o dia 01 de abril, que é o dia da mentira. Em 2017 ele não cumpriu nada do que havia prometido no texto que foi apresentado e agora vem apresentar novas falsidades para cobrir as anteriores”, disparou o parlamentar.

O deputado Evaldo Gomes (PTC), vice-presidente da Alepi, comentou a atitude da oposição e a classificou como “natural”. “Há um sentimento de que em ano de eleição o Parlamento para, mas estamos confiantes de que os deputados saberão se comportar independente de quem seja governo ou seja oposição. Isso é normal, vivemos em uma democracia e ela permite que haja divergências. Eu entendo, mas era importante que todos estivessem presentes”, declarou.

Dentre os ausentes estão os deputados Marden Menezes (PSDB), Luciano Nunes (PSDB), Firmino Paulo (PSDB), Rubem Martins (PSB), Gustavo Neiva (PSB), Robert Rios (PDT) e Dr. Pessoa (PSD). Quem também não compareceu à solenidade foi o presidente da Alepi, deputado Themístocles Filho (MDB), que se encontra em Brasília para audiência com o presidente Michel Temer e os demais presidentes de assembleias brasileiras. No encontro, serão discutidas questões a respeito do funcionamento dos Legislativos Estaduais. Na ausência de Themístocles, a revista das tropas ficou a cargo do deputado Evaldo Gomes.

 

portalodia.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas