Empresário é preso por furto de energia elétrica no litoral do Piauí imprimir publicado em: 10 / 08 / 2018

delegado Laércio Evangelista

Delegado Laércio Evangelista

Um funcionário da Caixa Econômica Federal de Parnaíba foi preso ontem (09/08), suspeito de furto de energia elétrica. Ele, que também é empresário na área da construção civil, desviava a energia para a obra de um condomínio de casas.

A prisão aconteceu na própria obra, que já está parcialmente concluída e alguns moradores foram encaminhados à delegacia para prestar depoimentos.

Após pagar fiança de 40 salários mínimos, equivalente a R$ 37.480,00, o suspeito foi liberado e deve responder em liberdade. Ele foi autuado no artigo 155, parágrafo 3º, do código penal, por furto de energia elétrica e, caso condenado, poderá pagar pena de até quatro anos de reclusão.

Além da prisão, o empresário deve ser alvo de processo da Eletrobras para ressarcir o valor gasto durante um ano de uso ilegal da energia elétrica.

Segundo o delegado Laércio Evangelista, outros condomínios e casas em Parnaíba e Luís Correia também são investigados. A operação segue até o fim de semana.

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas