Estudantes ocupam retoria da UFPI em protesto contra a PEC 241 imprimir publicado em: 18 / 10 / 2016

ocupaçãoA sede da reitoria da Universidade Federal do Piauí foi ocupada pelos estudantes que compõem o Diretório Central dos Estudantes. Os universitários protestam contra a PEC 241, que coloca um teto nos gastos públicos, incluindo Saúde e Educação.

Hector Martins, um dos diretores administrativos do DCE, conta que cerca de 80 estudantes estão agora na sede da reitoria, e que mais pessoas devem se juntar à ocupação. “O DCE, junto com vários estudantes, decidiu, em conselho, ocupar a reitoria contra as medidas do governo e medidas da Universidade com relação à segurança”, disse Hector. O grupo também protesta contra as medidas de reformulação do Ensino Médio.

A ocupação começou por volta das 8h40min, e é composta por estudantes de diversos cursos da UFPI. Hector informa que ainda são esperados alunos da UESPI, IFPI, e AMES (Associação Municipal de Estudantes Secundaristas). O grupo espera que mais pessoas, principalmente outros estudantes e membros de Centros Acadêmicos da UFPI se unam ao movimento. A ocupação é por tempo indeterminado.

reitor

Universitários se concentraram na sala de reuniões da reitoria

O protesto se soma a uma série de manifestações que ocorre desde o início do mês de outubro. De acordo com a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas, existem 672 escolas ocupadas em todo o Brasil, mas este número está sendo atualizado constantemente.

Já foram registradas manifestações em escolas secundaristas, Institutos Federais e Universidades nos estados do Paraná, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Goiás, Distrito Federal, Rio Grande do Norte, Mato Grosso, Pernambuco, Rondônia, Pará, Alagoas, Espíritos Santo, São Paulo, Tocantins e Bahia. No Piauí, a Universidade Federal do Vale do São Francisco e a UFPI integram o movimento nacional.

Os estudantes reivindicam o fim da PEC 241, que congela os gastos do governo pelos próximos 20 anos e vai afetar as áreas de Saúde e Educação. Os protestos também reivindicam o fim do projeto escola sem partido e da Medida Provisória da reforma do ensino médio, entre outras pautas.

portalodia.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Uniao - Julho II

últimas