Estuprador falta em depoimento; criminoso teria sido espancado na cadeia imprimir publicado em: 26 / 08 / 2014

Joao da CruzO estuprador identificado como João da Cruz Nascimento, acusado de praticar o crime com mais de 30 mulheres, que prestaria depoimento nesta terça-feira (26), não compareceu à delegacia. De acordo com a Delegada Vilma Alves, há vitimas tanto em Teresina, como em Timon (MA). Ela defende que seja feita a castração quimica de homens acusados de estupro.

O delegado Mamede Rodrigues, do 5° Distrito Policial afirma que o depoimento que o criminoso daria era em relação ao roubo a uma mulher no bairro São João, onde João da Cruz invadiu o carro da vítima, forçou-a a sacar 300 reais e comprar um celular.

“Graças a Deus não tivemos denúncia de estupro nessa região, o depoimento que estamos aguardando é em relação a um único roubo”, afirmou o delegado. Os casos dos estupros realizados pelo acusado estão sob responsabilidade da Delegacia da Mulher.

estupradorQuestionado sobre a informação de que João da Cruz havia sido espancado na casa de custódia, o delegado Mamede afirma ter ouvido rumores, mas não havia certeza se era uma informação correta, mas que poderia ser o motivo da ausência do criminoso à delegacia.

Segundo a Superintendência de Presídio a ausência de João da Cruz deveu-se a falta de estrutura para a condução do preso para o Distrito Policial. Existe ainda a informação, não confirmada por órgãos oficiais, de que João da Cruz foi espancado por outros detentos na Casa de Custódia.

Apesar das negativas, circula nas redes sociais uma foto de João da Cruz, feita após sua prisão, onde ele apresenta ferimentos que pode revelar que ele foi espancado.

PortalAZ

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas