EUA não controlam mais a distribuição de domínios da internet imprimir publicado em: 03 / 10 / 2016

wwwA desvinculação entre o governo americano e a a Internet Corporation for Assigned Names and Numbers (ICANN), entidade que administra a internet, marcada para setembro de 2015, aconteceu mais de um ano depois, no último sábado, 1º de outubro.

Em agosto do ano passado, o Departamento de Comércio dos Estados Unidos adiou por um ano os planos de deixar de supervisionar a IANA, Autoridade para Atribuição de Números de Internet, responsável por administrar as funções técnicas e o sistema de endereços online.

Conforme anunciado antes, o controle agora ficará com um comitê de 16 pessoas, composto por acadêmicos, empresários, governos, ONGS e engenheiros.

Muitos críticos, incluindo uma série de legisladores dos Estados Unidos, argumentaram que a “doação” do controle da internet permitiria que regimes autoritários tomassem o controle. Por esse motivo, quatro estados dos EUA moveram uma ação para tentar bloquear a transição, mas um juiz do Texas se recusou a emitir uma liminar para impedir o processo.

“A partir de 01 de outubro de 2016, as funções de contrato do IANA expiraram. Esta transição foi idealizada há 18 anos e foi o trabalho incansável da comunidade global da Internet, que elaborou a proposta final e fez disso uma realidade”, afirmou Stephen Crocker, presidente do conselho da ICANN.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Uniao - Julho II

últimas