Evaldo Gomes acusa Marcelo Castro de tramar contra Themístocles imprimir publicado em: 02 / 07 / 2018

O presidente regional do PTC, deputado Evaldo Gomes, acusou o dirigente estadual do MDB, deputado federal Marcelo Castro, de tramar contra o presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, o deputado estadual Themístocles Sampaio Filho (MDB), principal candidato a ocupar a vaga de vice na chapa do governador Wellington Dias (PT).

briga

A confusão, que quase chegou a vias de fato, ocorreu durante reunião na residência do governador na última sexta-feira (29). O desentendimento começou depois que Evaldo afirmou que não abriria mão da ‘chapinha’, descartando a possibilidade de compor o chapão, que contaria com a participação de todos os partidos da base aliada.

Descontente com a decisão do petecista, Marcelo Castro reagiu bradando a Evaldo Gomes que ele teria sim que aceitar a coligação única proporcional. “Quem você pensa que é para não aceitar o chapão?”, questionou Castro.

Irritado com a imposição de Marcelo, Evaldo Gomes lembrou ao emedebista que ele não mandava no PTC. “O presidente do PTC sou eu e não você Marcelo Castro. O senhor não tem moral nem dentro do MDB, que você está fazendo todo tipo de tramoia, todo tipo de manobra para derrubar o Themístocles Filho e não consegue”, disparou Evaldo na oportunidade.

Em seguida, Marcelo Castro pediu respeito ao presidente do PTC que, por sua vez, respondeu que não temia o emedebista. Neste momento, os dois partiram um para cima do outro e só não chegaram ao extremo porque foram apartados pelos demais deputados presentes à reunião.

O impasse

Themístocles Filho é hoje o nome mais cotado para assumir a vaga de vice de Wellington Dias e representar o MDB na chapa. Mas, Marcelo Castro, embora nunca tenha admitido publicamente, deseja com toda força ocupar o cargo de senador no grupo majoritário. Porém, Castro está sozinho neste objetivo e não conta, se quer, com o apoio do próprio partido que já elegeu Themístocles como o nome da sigla para compor a chapa governista.

Não tem volta

Neste sábado (30), Evaldo Gomes reuniu a executiva de seu partido e definiu que o PTC vai lançar o médico Marcos Vinicius ao Senado Federal. Segundo Gomes, é zero a possibilidade de integrar o chapão e assegurou que as duas decisões são “irreversíveis”.

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas