Ferrari mostra força, e Vettel vence GP da Austrália; Massa é 6º imprimir publicado em: 26 / 03 / 2017

A Fórmula 1 voltou. Com ela, novos carros, novas regras e um novo vencedor. Contrariando as expectativas de quem dava como certa uma vitória da Mercedes, Sebastian Vettel roubou a cena e, impecável, triunfou no GP da Austrália, a primeira corrida da temporada 2017 de F1, na madrugada deste domingo. Ao pole Lewis Hamilton coube o papel de coadjuvante, com o segundo lugar, seguido pelo companheiro de equipe, Valtteri Bottas, em terceiro. Felipe Massa, que largou em sétimo, superou Romain Grosjean na largada, pulou para sexta colocação e manteve a posição até o final da prova no Circuito de Albert Park.

ferrari

Com o resultado, o tetracampeão, que não subia ao lugar mais alto do pódio desde o GP de Cingapura de 2015, conquista sua 43ª vitória na carreira, sendo a quarta pela Ferrari. A escuderia italiana não liderava o campeonato desde o final de semana do GP da Coreia do Sul em 2012. Mas o triunfo de Vettel teve um significado ainda maior para os fãs da F1, dando indícios de que 2017 pode ser o ano que marca o fim da dominância da Mercedes.

A corrida foi decidida durante a primeira rodada de paradas nos boxes. Hamilton foi o primeiro a fazer o pitstop, retornando em quinto atrás de Verstappen. Com isso, Vettel decidiu permanecer e assumiu a ponta. Apesar de ter pneus mais novos, Lewis não conseguia ultrapassar o piloto da RBR, que ia cerca de 2s mais lento que o alemão da Ferrari. Assim, Vettel realizou sua parada e, de quebra, voltou em terceiro, à frente de Verstappen e, consequentemente, de Hamilton. A partir daí, bastou ao tetracampeão gerenciar a vantagem sobre o britânico, que chegou a ser de 10s, para vencer a primeira corrida do ano. Apesar do bom início, Vettel evitou falar sobre disputa do título e se limitou a agradecer o apoio no Circuito de Albert Park.

– Uma briga pelo título é algo que está muito lá na frente. Por enquanto nós estamos apenas na lua com o início de campeonato que tivemos. Obrigado pelo apoio. Era o que precisávamos, o time inteiro trabalhou muito duro. O pessoal quase não dormiu, nem aqui e nem na fábrica. O carro está se comportando bem e foi muito divertido guiar. É um dia lindo, obrigado – afirmou em entrevista no pódio.

globoesporte.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas