FMS prepara distribuição de preservativos durante o Corso 2017 imprimir publicado em: 14 / 02 / 2017

preservativosO Corso 2017 está chegando e a Fundação Municipal de Saúde está finalizando os preparativos para as ações que serão desenvolvidas durante o evento, que acontecerá no próximo sábado (18). Os profissionais da Coordenação de DST/AIDS farão a distribuição de insumos de prevenção (preservativos masculino e feminino, e lubrificantes) aos foliões.

Durante o Corso do ano de 2016 a FMS distribuiu 36 mil preservativos masculinos, cinco mil preservativos femininos e oito mil unidades de gel lubrificante. “Para o ano de 2017 já começou a distribuição para as empresas e estaremos como de costume com a barraca da prevenção no dia do Corso e durante o Carnaval visitando bares, praças e clubes que estiverem ocorrendo festividades”, informa Alana Niege.

A atividade segue o que tem sido trabalhado nas festividades dos anos anteriores. “O estande estará localizado na área de serviços do corso, que fica embaixo da Ponte Estaiada, ao lado da banca de revista”, informa Alana Niege, da Coordenação de DST/AIDS da FMS. Serão distribuídos preservativos masculinos e femininos, além de gel lubrificante. O objetivo é intensificar o trabalho de prevenção especialmente entre os jovens, principal público do Corso.

Alana Niege lembra que todos os hospitais e Unidades Básicas de Saúde de Teresina oferecem preservativos masculinos durante todo o ano para a população pegar a quantidade que quiser, sem a necessidade de entrevistas ou trâmites burocráticos. “Além disso, se algum evento ou festa carnavalesca quiser camisinhas para distribuir entre seus participantes, basta entrar em contato com a FMS, que está abastecida, e solicitar o fornecimento”, diz a coordenadora.

De acordo com a Pesquisa de Conhecimentos, Atitudes e Práticas na População Brasileira (PCAP), divulgada pelo Ministério da Saúde, a maioria dos brasileiros (94%) sabe que a camisinha é a melhor forma de prevenção às DST e Aids. Mesmo assim, 45% da população sexualmente ativa do país não usou preservativo nas relações sexuais casuais nos últimos 12 meses.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas